Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Paraná tem se destacado no trabalho de inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho. “Hoje, das contratações gerais feitas aqui no Paraná, 2% são de pessoas com deficiência, números iguais aos de países como Canadá, França e Alemanha, que tem políticas fortes de inclusão”, afirma o secretário da justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Artagão Júnior.

Marcela Loschner tem 25 anos e há três trabalha nas Livrarias Curitiba. Portadora de uma má formação nos membros, Marcela ingressou na empresa como auxiliar de vendas e hoje é vendedora. “Aprendi muito sobre superação e que sou muito mais capaz do que imaginava. Acho de grande importância a contratação de pessoa com deficiência, até mesmo para essa pessoa não acabar se sentindo diferente de qualquer outra”, afirma Marcela.

Mas ela destaca a importância de a empresa ter realmente um olhar inclusivo, que faça a diferença na vida da pessoa com deficiência: “Já trabalhei em outros lugares que nunca se importaram comigo realmente. O que importava era ter uma pessoa com deficiência, cumprindo uma exigência legal. Não estavam preocupados em incentivar a pessoa a superar as dificuldades diante do preconceito”.

Conscientização

Esse é ainda um ponto crítico na inserção das pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Algumas empresas exigem muito e oferecem muito pouco. “Mas o cenário está mudando. Temos fiscalizado, orientado e feito um trabalho de conscientização de como uma pessoa com deficiência enriquece o ambiente de trabalho”, afirma Angela Carstens, Coordenadora da Intermediação de Mão de Obra da Secretaria de Justiça, Trabalho e Direitos Humanos.

Dia D

Hoje mais de 21% dos brasileiros apresentam algum tipo de deficiência. São pessoas que têm direito ao trabalho em igualdade de condições. Para garantir que esse direito seja cumprido, a Secretaria de justiça, Trabalho e Direitos Humanos, por meio do Departamento do Trabalho, dentro do seu Programa de Apoio à Inclusão da Pessoa com deficiência no mercado de trabalho, aceitou o convite do Ministério do Trabalho e promove no próximo dia 23, em todo o Paraná, o Dia D.

Será a terceira edição desta iniciativa. Neste dia, todas as agências do trabalhador voltam seus esforços ao atendimento das pessoas com deficiência e empresas com vagas para esse perfil, abrindo oportunidade de encurtar o caminho entre quem procura e quem oferece uma vaga. É a chance de promover a inclusão de maneira consciente e certeira.

Quem quiser participar do Dia D deve ir à Agência do Trabalhador mais próxima, com a carteira de trabalho. Para os empresários que têm vagas disponíveis basta ligar para a Agência do Trabalhador mais próxima.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL