Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti, participou ontem (9), em Brasília, de reunião com a primeira-dama Marcela Temer sobre o programa Criança Feliz. O programa tem foco no atendimento à primeira infância, período de zero a seis anos, com a assistência às crianças carentes e seus familiares. O Paraná sediará a partir da próxima semana, de 13 a 23 de fevereiro, a etapa regional Sul da mobilização do Criança Feliz. O evento reunirá técnicos do governo federal e dos três estados para capacitação e troca de experiências sobre a atenção às crianças. 

O evento no Palácio do Planalto reuniu ministros, vice-governadoras e primeiras-damas de todo o País para debater ações do programa, com palestras de especialistas e gestores sobre o tema. “Estamos unindo esforços do Governo Federal, estados e municípios para investir no período mais importante do desenvolvimento das crianças. Teremos políticas integradas em diversas áreas. O Paraná será um dos grandes parceiros do Criança Feliz”, afirmou a vice-governadora Cida Borghetti. 

Marcela Temer, embaixadora do programa, afirmou que a união será necessária para que a inciativa possa atingir seu público-alvo e explicou que a intenção é fortalecê-lo nos municípios. “O Criança Feliz não é uma política pública que vai gerar resultados a curto prazo. É uma semente que está sendo plantada agora para que seja colhida nos próximos anos”, disse. 

Para mobilizar a sociedade, o programa, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, contará agora com o apoio de instituições como a Rede Sarah, Instituto Ayrton Senna e de representantes do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 

CAPACITAÇÃO - O Paraná sediará a partir da próxima semana, de 13 a 23 de fevereiro, em Curitiba, a etapa regional Sul da mobilização do Criança Feliz. O evento reunirá técnicos do governo federal e dos três estados para capacitação e troca de experiências sobre a atenção às crianças. A programação contará com cursos, palestras, oficinais, visitas à Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e Centros de Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), entre outras atividades. 

O treinamento terá a participação do coordenador do Criança Feliz, o secretário de Promoção do Desenvolvimento Humano do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, Halim Girarde. Mobilizações regionais semelhantes ocorrerão simultaneamente em todo o País. 

CRIANÇA FELIZ - Lançado em outubro de 2016, o Criança Feliz tem foco nos primeiros mil dias de vida. A iniciativa irá acompanhar crianças de 0 a 3 anos do Bolsa Família e as de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), incluindo as vítimas de microcefalia por zika vírus. 

O Criança Feliz integrará ações de várias áreas, como saúde, assistência social, educação, justiça e cultura. As famílias serão acompanhadas por profissionais capacitados que farão visitas domiciliares periódicas para estimular o desenvolvimento infantil. 

O programa é norteado pelo Marco Legal da Primeira Infância, considerada a legislação mais avançada no mundo na atenção às crianças. O texto da lei institui uma política integrada da primeira infância para promover o desenvolvimento humano a partir de ações específicas voltadas às crianças de zero a seis anos.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios