Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa, convocou uma reunião ordinária digital (remota) com os integrantes da Comissão para a próxima quarta-feira (12), às 13h30.

A reunião começará com a chefe do departamento da Política da Pessoa Idosa da secretaria estadual de Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), Adriana Santos de Oliveira, falando sobre os trabalhos e projetos do Poder Executivo para a terceira idade. “Aproveito para lembrar que, no próximo mês, temos o Junho Violeta, Lei 20.252/20 de minha autoria. É um mês estabelecido no calendário oficial de eventos do Estado do Paraná para a prevenção e conscientização contra a violência à pessoa idosa”, destacou o deputado Cobra Repórter.

Na sequência, serão apreciados os seguintes Projetos de Lei:

PROJETO DE LEI 616/2019 de autoria do deputado Luiz Fernando Guerra que institui as diretrizes para o Programa Paraná Amigável para a Pessoa Idosa;

PROJETO DE LEI 114/2020 de autoria do deputado Delegado Fernando Martins que institui a Semana Estadual de Conscientização sobre Brincadeiras Perigosas, a ser realizada anualmente, na primeira semana do mês de junho;

PROJETO DE LEI 422/2019 de autoria do deputado Alexandre Amaro que proíbe o ingresso de representantes de agências de modelos nos ambientes de escolas públicas estaduais, visando ao recrutamento e cadastramento de possíveis futuros clientes de seus serviços;

PROJETO DE LEI 202/2019 de autoria do deputado Subtenente Everton que altera a lei nº 17.555, de 30 de abril de 2013, que "institui, no âmbito do Estado do Paraná, as diretrizes para a política estadual de proteção dos direitos da pessoa com transtorno do espectro autista - tea";

PROJETO DE LEI 371/2019 de autoria do deputado Evandro Araújo que institui o apadrinhamento afetivo de crianças e adolescentes – padrinhos e madrinhas do coração e dá outras providências;

PROJETO DE LEI 541/2020 de autoria do deputado Requião Filho que institui o Programa de Parentalidade Responsável no Estado do Paraná;

PROJETO DE LEI 577/2020 de autoria do deputado Luiz Claudio Romanelli que cria o Programa Estadual de Incentivo à Utilização da Musicoterapia como tratamento terapêutico complementar de pessoas com deficiência, síndromes e/ou transtorno do espectro autista (tea);

PROJETO DE LEI 164/2021 de autoria do Poder Executivo que institui o Programa Estadual de Aprendizagem no Estado do Paraná e adota outras providências.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.