Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O presidente da Comissão que Defende os Direitos da Criança, Adolescente, Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai), deputado estadual Cobra Repórter (PSD), recebeu no gabinete, na terça-feira (04), o coordenador da Força-Tarefa Infância Segura e delegado da Polícia Federal, Felipe Hayashi. Ele veio firmar a parceria com a comissão e afinar os detalhes das ações de prevenção à dependência tecnológica e à violência virtual contra criança e adolescentes. Também estiveram presentes na reunião Cineiva Tono, representando a Força-Tarefa Infância Segura, Rosane Newman, representante do Instituto Tecnologia & Dignidade Humana (I-T&DH) e Elisângela Hochuli, coordenadora pedagógica do Colégio Estadual do Paraná.

“Temos que desenvolver um trabalho em conjunto! A secretaria estadual da Justiça, Família e Trabalho procura uma política pública integrada com a adesão do Poder Legislativo para dar efetividade a esse trabalho da Força-Tarefa Infância Segura. Por isso, destaco a importância dessa parceria que estamos firmando”, explicou Felipe Hayashi. O deputado estadual Cobra Repórter destacou que “é dever da Criai colaborar e apoiar as boas ações na defesa dos direitos da criança e dos adolescentes”.

A primeira ação em conjunto será o lançamento do Projeto de Lei que estabelece a Política de Estado de Desintoxicação de Internet para Crianças: o Detox Digital Paraná. A ideia é estabelecer uma série de ações de prevenção à dependência tecnológica e à violência virtual contra criança e adolescentes. No dia 08 de julho, o programa deve ser lançado no plenário da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

“Como tudo na vida, o uso de celulares e computadores também pede um equilíbrio. A tecnologia passou a fazer parte do que somos atualmente, mas o importante é usá-la da maneira correta. Sentiu que seus filhos estão passando dos limites e precisam de um detox digital? Estamos buscando implantar exatamente isso nas escolas públicas”, disse o deputado estadual Cobra Repórter, presidente da Comissão que Defende os Diretos da Criança, Adolescente, Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai).

Segundo a pesquisa realizada pela agência We Are Social e a plataforma Hootsuite, o brasileiro passa mais de nove horas por dia conectado por meio de qualquer dispositivo. São 130 milhões de usuários das redes sociais, o que representa 62% da população. Desses, 120 milhões acessam pelo celular, ou seja, 57% dos brasileiros.

Força-Tarefa Infância Segura

A Força-Tarefa estabeleceu doze ações para efetivar os compromissos de integração das políticas públicas. Elas passam por operações ostensivas das forças de segurança, seminários de prevenção, investigação de crimes cibernéticos, acolhimento, comunicação com a sociedade para estabelecer uma cultura de proteção, interconexão com os municípios e criação de centros integrados de atendimento nos moldes dos serviços já disponibilizados à mulher.

O coordenador da Força-Tarefa, Felipe Hayashi, é também o diretor do Departamento de Justiça da Secretaria. Ele chefiou a Delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros da Polícia Federal e integrou a força-tarefa da Operação Lava Jato. Felipe Hayashi destacou que o Paraná pretende produzir uma campanha específica voltada para a prevenção de crimes sexuais praticados na internet, balizada em informações estratégicas do perfil do agressor e da vítima, e implementar um sistema integrado de recebimento e monitoramento de denúncias no âmbito estadual e dos municípios, com formação de uma base de dados compartilhada.

Meire Bicudo/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios