Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Encontro do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud) acontece hoje e sábado (28 e 29), em Foz. Sustentabilidade, bioeconomia e economia criativa são temas do encontro.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior recebe neste sábado (29) os governadores de São Paulo, João Doria; de Minas Gerais, Romeu Zema; do Espírito Santo, Renato Casagrande; de Santa Catarina, Carlos Moisés; do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite; e do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. Eles participarão do sexto encontro do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud), que acontece em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná.

Questões como sustentabilidade, bioeconomia e economia criativa vão permear as discussões da reunião. Com o tema “A atitude de hoje é a eficiência do amanhã”, o encontro vai reunir, além dos governadores, secretários de Estado e equipes técnicas dos sete estados das duas regiões.

O evento começa nesta sexta-feira e contará com 15 grupos de trabalho, reunindo secretários estaduais e equipes técnicas de cada área para traçar estratégias conjuntas. As deliberações de cada grupo subsidiarão os pontos que vão integrar a Carta de Foz do Iguaçu, documento que será lançado ao final do encontro, assinado pelos sete governadores.

Os grupos de trabalho foram divididos nos seguintes temas: Fazenda e Planejamento, Desenvolvimento Econômico, Agricultura, Turismo, Inovação, Ciência e Tecnologia; Educação, Meio Ambiente e Infraestrutura, Logística e Transporte, Saúde Pública, Segurança Pública, Administração Penitenciária, Gestão e Planejamento, Controle e Transparência e Reforma da Previdência.

Palestras

Também estão programadas duas palestras para o sábado (29) de manhã, uma delas com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. A outra é do economista Eduardo Moreira, que falará sobre economia sustentável e bioeconomia, apresentando inovações, estratégias e ações para alcançar o desenvolvimento econômico, respeitando a manutenção de recursos para as próximas gerações.

Entre os pontos que serão abordados estão estratégias para tornar as produções agropecuária e industrial mais sustentáveis, como usar a tecnologia para transformar pontos críticos em soluções inteligentes e como fomentar a economia circular.

Documento

Como nas edições anteriores da reunião do Cosud, ao final do encontro será divulgada a Carta de Foz do Iguaçu, reunindo as deliberações dos governadores e dos grupos de trabalho. A carta será apresentada pelos governadores em uma coletiva de imprensa, que será no Parque Nacional do Iguaçu.

Entre outras questões, nos documentos divulgados anteriormente os gestores reafirmaram o apoio às reformas estruturais em âmbito federal e às medidas econômicas essenciais à retomada do crescimento econômico e ao equilíbrio fiscal da União, estados e municípios.

CODESUL

Paralelamente ao encontro da Cosud, integrantes do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), bloco que reúne os três estados do Sul e o Mato Grosso do Sul, irão se reunir para a criação do Fórum Permanente do Gás. O objetivo é ter uma agenda regional para discutir os assuntos de interesse do setor de gás.

Cosud aborda temas nacionais com impacto na melhoria de vida das pessoas

Criado em março de 2019, o Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud) tem o objetivo de fomentar políticas para melhorar a qualidade do serviço público prestado à população das duas regiões, que detêm 72% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional e concentram 108 milhões de habitantes, praticamente metade da população brasileira.

Entre as áreas prioritárias do consórcio estão a segurança pública, combate ao contrabando, sistema prisional, saúde, desburocratização, turismo, educação, desenvolvimento econômico, logística e transportes, inovação e tecnologia.

Na primeira edição, em março do ano passado, em Belo Horizonte, os governadores reforçaram o apoio às reformas estruturantes da União, com destaque para a Previdência e a Tributária, buscando uma simplificação na cobrança de impostos.

São Paulo recebeu o evento na sequência, em abril. Cooperação política e administrativa foi o principal objetivo do protocolo de intenções firmado pelos chefes do Executivo na ocasião. A Carta de São Paulo destacou a busca pela melhoria na qualidade da prestação de serviços públicos, crescimento econômico e geração de empregos.

Em Gramado, no mês de maio, o fórum de governadores reforçou a importância de o Brasil estabelecer metas para a modernização do agronegócio, para o avanço da indústria 4.0 e para a oferta de serviços baseados em tecnologias avançadas.

Em agosto, em Vitória, o grupo ressaltou o apoio integral às medidas econômicas essenciais ao equilíbrio fiscal da União, dos estados e dos municípios. Por fim, o Cosud de Florianópolis, em outubro, abordou outros temas de impacto nacional, como a construção de um sistema tributário mais simples e progressivo e a revisão do pacto federativo, com a adoção de um novo modelo de distribuição de recursos entre governo federal, estados e municípios.

Na carta, os governadores se comprometeram a buscar um governo cada vez mais simples e acessível aos cidadãos, incentivando a modernização do Estado por meio da transformação digital.

Desta vez, em Foz do Iguaçu, o tema que norteará as discussões será: “A atitude de hoje é a eficiência do amanhã”, misturando economia criativa com sustentabilidade.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios