Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A conta de luz terá um desconto de 11,8% em abril para os consumidores residenciais atendidos pela Copel. A redução vale somente para o mês de abril, conforme a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e vai compensar uma cobrança indevida feita pela energia produzida por Angra 3 em 2016, num período em que a usina nuclear não estava operando.

“É uma boa notícia para todos os brasileiros. Mas nunca é demais lembrar a confusão feita pela ex-presidente Dilma ao intervir no setor elétrico brasileiro, em 2012. A promessa de uma redução da conta de luz em 20% não ficou em pé e agora vivemos este vaivém na tarifa. Ainda bem que agora o valor baixou e vamos torcer que continue assim”, comenta o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni.

O desconto vale para 61 distribuidoras de energia do País. Cada uma terá, em abril, um abatimento proporcional ao que foi cobrado a mais em sua área de concessão ao longo de 2016. Os índices foram definidos pela própria Aneel. Em maio, a conta de luz fica novamente próxima do patamar normal.

Asimp/Copel

Valdir Rossoni, chefe da Casa Civil - Foto: Kleyton Presidente/Casa Civil

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios