Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Indicador contribuiu para que Maringá, Curitiba, Cascavel, Londrina, São José dos Pinhais e Ponta Grossa figurem na lista das melhores

Maringá lidera o ranking denominado índice de Desafios da Gestão Municipal que avalia as 100 maiores cidades brasileiras e indica qual delas é melhor para se viver. Curitiba foi apontada como a melhor capital brasileira para se viver e, no ranking geral, figura na sétima colocação. As outras cidades são Cascavel (11º), Londrina (17º), São José dos Pinhais (32º) e Ponta Grossa (39º).

Em Cascavel, graças ao saneamento, a cidade subiu 24 posições na última década. O ranking, divulgado pela Revista Exame, foi realizado pela consultoria Macroplan e leva em consideração 15 indicadores.

Nos municípios atendidos pela Sanepar, 100% da população urbana tem acesso à água potável. Com relação ao atendimento com coleta e tratamento de esgoto, nessas seis cidades, os índices de acesso à rede coletora são: Maringá e Cascavel, em torno de 99%, Curitiba 96,4%, Londrina 94,8%, Ponta Grossa 90,7% e São José dos Pinhais 77,5%. E todo o esgoto coletado é tratado.

O diretor-presidente da Sanepar, Claudio Stabile, ressalta a importância da água potável e do esgoto tratado para a qualidade de vida dos paranaenses e avalia que a posição das cidades paranaenses no ranking reflete os investimentos constantes da Sanepar em tecnologia e inovação em seus serviços para alcançar a excelência no atendimento. De janeiro de 2019 a setembro de 2020, os investimentos da Sanepar nas seis cidades somam R$ 576,7 milhões em obras e serviços de água, esgoto e atendimento.

Ranking

O estudo Desafios da Gestão Municipal (DGM) apresenta uma análise da evolução recente das 100 maiores cidades brasileiras, que representam metade do PIB brasileiro. A metodologia do ranking utiliza um indicador sintético que reúne 15 indicadores em áreas essenciais para a qualidade de vida da população, educação, saúde, segurança, saneamento e sustentabilidade.

Asimp/Sanepar

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios