Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O curso “Aprenda a Vender para o Poder público” está disponível para 1.000 donos de micro e pequenas empresas do Paraná e inicia no dia 16 de novembro

Para os donos de micro e pequenas empresas a participação e a vitória em licitações podem parecer um negócio muito difícil. É isso que será desmistificado no curso “Aprenda a Vender Para o Poder Público”, promovido pelo Senac e Sebrae/PR. O objetivo é oferecer aos empresários conhecimento sobre os processos licitatórios e prepará-los para serem fornecedores do setor público.

Para a coordenadora estadual de Acesso a Mercados Institucionais do Sebrae/PR, Juliana Schvenger, o curso é uma oportunidade de inserir pequenos negócios em um mercado que tem se expandido e que pode representar boas oportunidades de crescimento para os empreendedores. Apenas o mercado de licitações representa 12% do PIB brasileiro e esse segmento deve crescer entre 10% e 12% apenas em 2020.

“Queremos que o empresário deixe de lado alguns mitos que envolvem as compras públicas e entendam que é possível encontrar editais adequados às suas ofertas de produtos e serviços, e se tornar competitivo para vencê-los. Mas para isso é preciso se preparar e se capacitar da melhor maneira”, explica.

Juliana reforça que o empresário deve conhecer a fundo o que é pedido no edital e verificar se está dentro de sua área de atuação. Ela aponta ainda que é necessário conhecer os concorrentes para oferecer o preço mais adequado na proposta final, prever todos os custos possíveis e estar atento a prazos e documentações necessárias, além de ter conhecimento sobre as leis que abordam o tema das licitações públicas.

Entre essas legislações estão as Leis Complementares nº 147/2014 e nº 123/2006 que preveem condições especiais para as micro (MEs) e pequenas empresas (EPPs) brasileiras, como a obrigatoriedade de licitar exclusivamente com essas empresas em contratações de até R$80 mil. Também há outras facilidades envolvendo a comprovação da regularidade fiscal, a subcontratação de empresas e a concorrência durante os pregões.

“Para participar de todos os processos licitatórios é preciso de alguém que dê apoio e possa tirar as dúvidas dos empresários. Para isso, ele pode procurar o Sebrae e os escritórios de compras públicas presentes em 19 cidades do Paraná”, destaca Juliana.

O diretor da Divisão de Finanças e Desenvolvimento Organizacional do Senac PR, Rodrigo Rosalem, acrescenta que o curso complementa o programa Compras Paraná, desenvolvido pelo Sebrae/PR e Fecomércio PR, que atua na sensibilização do poder público para o tratamento diferenciado aos pequenos negócios, além de mostrar aos empreendedores o potencial desse tipo de venda.

“Ainda que o proprietário da micro e pequena empresa já tenha visualizado a oportunidade, é preciso capacitar quem vai efetivamente participar da licitação ou do processo de venda, que pode ser o próprio empresário, especialmente nas microempresas, em que o dono faz tudo, e também pode ser um colaborador. É esse o foco do curso do Senac, que é bem operacional e vai ensinar cada procedimento na prática”, explica. Mais informações estão disponíveis no site Compra Paraná (http://www.comprapr.com.br/).

O curso

O curso, realizado de maneira 100% virtual, tem uma carga horária de 15 horas e começa no dia 16 de novembro. Estão abertas 1.000 vagas gratuitas. O projeto integra o Programa Senac de Gratuidade (PSG) e por isso, para participar, os interessados precisam ter renda familiar per capita de até dois salários mínimos federais. Poderão participar microempreendedores individuais, donos de microempresas e empresas de pequeno porte.

O conteúdo programático prevê informações sobre a licitação eletrônica e suas regras básicas, sobre os sistemas SICAF e COMPRASNET, as plataformas GMS (Gestão de Materiais e Serviços) e o Licitações-e (BB), o sistema do Compra Paraná, informações sobre o cadastramento e outros materiais.

Além disso, ao longo da duração do curso os empresários podem tirar dúvidas e obter mais informações com tutores especializados no assunto dentro da plataforma do Senac.

O projeto conta com o apoio do Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado do Paraná (Fopeme) e da Federação das Associações de Micro e Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais do Estado do Paraná (Fampepar).

Asimp/Sebrae/PR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.