Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) classificou oantem (15) como "vergonha" e "ganância sem limites" o novo reajuste pretendido pela concessionária Ecocataratas que explora o pedágio da rodovia BR-277, entre Guarapuava e Foz do Iguaçu. "Sem cabimento. Estamos em plena pandemia e não importa o argumento de que já cumpriu o acordo de leniência com o Ministério Público Federal (MPF). Isso é mais uma vergonha, a ganância do pedágio não tem limites", disse.

O aumento das tarifas, conforme a própria concessionária, será de 30% e passa a vigorar a partir de sexta-feira (18) nas praças de pedágio em São Miguel do Iguaçu, Céu Azul, Cascavel, Laranjeiras do Sul e Candói.  Hoje o valor do pedágio para veículos de passeio na praça em São Miguel do Iguaçu é de R$ 11,90; em Céu Azul custa R$ 9,00; e em Cascavel, Laranjeiras do Sul e Candói, R$ 9,80.

"A reação dos motoristas é de espanto", diz matéria da CATVE. "Não podia ser diferente. E ainda pode vir novo aumento por aí ainda em dezembro, apesar da proibição da Agepar", disse Romanelli.

Em nota à imprensa, a concessionária informa que vai retomar, entre os dias 15 e 18 de dezembro, em função do acordo de leniência com o MPF, a depender da evolução do tráfego no período, os valores de cobrança sem o desconto de 30% nas praças de pedágio.  "Desde o dia 1º de outubro de 2019, os valores estão reduzidos em 30% e a empresa está prestes a atingir R$ 120 milhões em compensação tarifária em benefício dos usuários da rodovia", diz a nota.

Nas contas do Instituto Brasil Transportes, a concessionária deve ter faturado R$ 7 bilhões em 20 anos de pedágio e nem cumpriu com todas as obras previstas no contrato. "Como aumentar em 30% o pedágio em plena pandemia? Temos que denunciar mais esse assalto ao bolso do paranaense em todo País", disse o presidente do IBT, Acir Mezzadri.

ALEP

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios