Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O vice-líder do Governo, o deputado estadual Cobra Repórter (PSD), esteve, ontem (19), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, reunido com o chefe da Casa Civil, deputados da base e representantes de empresas do transporte público. A reunião foi para falar sobre o projeto do Governo do Estado que pretende criar o programa “Cartão Social” para o transporte da região metropolitana de Curitiba (RMC) e que irá para votação na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

Segundo a proposta, o Estado compraria antecipadamente créditos das empresas de transporte que operam entre Curitiba e as cidades da região metropolitana. Esses créditos seriam distribuídos a desempregados e pessoas em situação de vulnerabilidade inscritas nos programas sociais do Governo Federal.

“De acordo com o Governo do Estado, o objetivo é garantir a manutenção do serviço afetado pela queda de passageiros por causa da pandemia do novo coronavírus. Estou defendendo que o programa se estenda para Londrina e Maringá também”, explicou o deputado Cobra Repórter.

A subvenção às empresas de ônibus seria concedida para os meses de abril a setembro de 2020, mas poderá ser prorrogada pelo governador Ratinho Junior enquanto perdurar a situação de calamidade pública decorrente da Covid-19. A estimativa do Governo é repassar R$ 32 milhões às empresas de ônibus da RMC através do programa.

Meire Bicudo - Veruska Barison/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios