Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O vice-líder do Governo, o deputado estadual Cobra Repórter (PSD), esteve, ontem (19), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, reunido com o chefe da Casa Civil, deputados da base e representantes de empresas do transporte público. A reunião foi para falar sobre o projeto do Governo do Estado que pretende criar o programa “Cartão Social” para o transporte da região metropolitana de Curitiba (RMC) e que irá para votação na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

Segundo a proposta, o Estado compraria antecipadamente créditos das empresas de transporte que operam entre Curitiba e as cidades da região metropolitana. Esses créditos seriam distribuídos a desempregados e pessoas em situação de vulnerabilidade inscritas nos programas sociais do Governo Federal.

“De acordo com o Governo do Estado, o objetivo é garantir a manutenção do serviço afetado pela queda de passageiros por causa da pandemia do novo coronavírus. Estou defendendo que o programa se estenda para Londrina e Maringá também”, explicou o deputado Cobra Repórter.

A subvenção às empresas de ônibus seria concedida para os meses de abril a setembro de 2020, mas poderá ser prorrogada pelo governador Ratinho Junior enquanto perdurar a situação de calamidade pública decorrente da Covid-19. A estimativa do Governo é repassar R$ 32 milhões às empresas de ônibus da RMC através do programa.

Meire Bicudo - Veruska Barison/Asimp

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.