Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O ex-vereador de Londrina, eleito com o apoio direto de Bolsonaro, tomou posse como deputado federal

O londrinense Filipe Barros (PSL-PR), um dos parlamentares mais próximos do presidente Bolsonaro no Paraná, tomou posse na sexta-feira (01/02) e deve ser um dos aliados mais ativos do governo federal na defesa de pautas relacionadas às questões de família, combate à corrupção e segurança pública. Quanto aos temas regionais, o deputado deve focar na obtenção de recursos para a melhoria de infraestrutura e das condições de trabalho dos policiais no Paraná. Confira:

Combate à corrupção

Durante a campanha, o deputado Filipe Barros comprometeu-se formalmente com o procurador Deltan Dallagnol, um dos principais nomes da Operação Lava Jato, a encabeçar e defender o projeto Unidos Contra a Corrupção (https://unidoscontraacorrupcao.org.br), iniciativa liderada por Dalagnol e desenvolvida em conjunto com universidades de todo o país.

Infraestrutura para Londrina e região

“É inadmissível que as duas principais cidades do Paraná, Curitiba e Londrina, não sejam interligadas até hoje por uma estrada totalmente duplicada”, enfatiza Filipe Barros ao falar sobre as condições das rodovias no estado. Para ele, a infraestrutura precária é um dos principais motivos pelos quais o norte do Paraná não é atraente para as indústrias hoje, o que gera, em consequência, o alto índice de desemprego na região.

Para contribuir com a solução desse problema o deputado afirma que trabalhará para trazer à Londrina recursos que criem condições propícias para o estabelecimento de empresas na cidade.

Segurança Pública

Como vereador, Filipe Barros firmou vários compromissos com as forças de segurança atuantes em Londrina, como a Polícia Militar, a Companhia de Choque, o GOE e a Guarda Municipal. “Nossos policiais trabalham com equipamentos sucateados e isso tem que mudar. Por isso vou destinar parte das emendas parlamentares às quais todo parlamentar têm direito para nossas forças de segurança”, afirma o deputado.

Em nível nacional, Filipe Barros apoiará os esforços do governo federal pela revogação do estatuto do desarmamento, de modo a facilitar a posse de armas ao cidadão de bem que precisa, por exemplo, proteger sua família.

Defesa da vida desde a concepção

Mesmo antes de ser vereador em Londrina, Filipe Barros já se destacava como ativista pró-vida, ministrando palestras e participando de ações contra o aborto. Quando assumiu o cargo na Câmara dos Vereadores, Barros foi um dos principais responsáveis pela aprovação do Dia do Nascituro na cidade, lei que estabeleceu o dia 8 de outubro como data de celebração da vida dos bebês em gestação e de conscientização contra o aborto.

Agora, na Câmara dos Deputados, ele dará seu apoio e voto pela aprovação de iniciativas que reconheçam a dignidade dos nascituros e o necessário apoio às gestantes em condição de vulnerabilidade social.

Direito das famílias sobre a educação dos filhos

Durante seu mandato de vereador, Filipe Barros foi autor do projeto de lei, aprovado em 2018, que baniu das escolas municipais de Londrina a ideologia de gênero – tese segundo a qual ninguém nasce homem ou mulher, tratando-se apenas de uma flexível construção social. Embora ignore inúmeras evidências biológicas, essa teoria ganhou influentes apoiadores em meios educacionais, era ensinada como fato em salas de aula e aqueles que se opunham foram frequentemente intimidados.

Em Brasília, o combate a abusos como esse deve prosseguir. Além do necessário respeito às posições morais de cada família, o deputado defende que as escolas também devem respeitar as convicções políticas de pais e mães – bem como a inocência das crianças – que não toleram qualquer tipo de doutrinação político-partidária. Por isso, o projeto Escola Sem Partido permanece como uma das bandeiras mais importantes do mandato de Filipe Barros.

Clique nas fotos para ampliar

Jornalista Henrique Reis, Deputado Filipe Barros e o diretor do Jornal União, Tony Camargo.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios