Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A assessoria de imprensa do deputado André Vargas (PT-PR) informou nesta terça-feira que o parlamentar foi embora de Brasília e decidiu adiar a entrega da carta de renúncia ao mandato, que estava anunciada para ontem.

Segundo a assessoria, o deputado tomou essa decisão diante do fato de que a renúncia fica suspensa até a decisão final do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar sobre o processo que André Vargas está respondendo no colegiado.

De acordo com a Constituição, "a renúncia de parlamentar submetido a processo que vise ou possa levar à perda do mandato terá seus efeitos suspensos até as deliberações finais" do processo.

Veja a nota divulgada pela assessoria do deputado. Clique Aqui.

Agência Câmara Notícias

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios