Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Segundo Canziani, competência dos brasileiros foi reconhecida na Inglaterra e serve de exemplo de capacitação profissional e tecnológica.

O Brasil foi o segundo colocado no maior torneio de educação profissional e tecnológica do mundo, o “WorldSkills 2011”, disputado recentemente em Londres, capital da Inglaterra, ficando à frente do Japão, Suíça, Singapura e de outros países desenvolvidos. Perdeu apenas para a Coréia do Sul.

WorldSkills é um torneio Internacional de Educação Profissional promovido pela Internacional Vocation Training Organization (IVTO), que tem como principais objetivos promover o intercâmbio entre jovens profissionais de várias regiões do mundo e a troca de habilidades, experiências e inovações tecnológicas.

Para o presidente da Frente Parlamentar da Educação do Congresso Nacional, deputado Alex Canziani (PTB-PR), a conquista dos brasileiros foi excepcional: “A presença deles foi exemplar. Acho que o Brasil está no caminho certo da capacitação profissional”, salientou o parlamentar paranaense, que integrou a delegação brasileira a convite da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Canziani foi convidado por ser um dos relatores do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), do governo federal, e por ser membro da Frente Parlamentar da Educação Profissional e Tecnológica do Congresso Nacional.

Além dos alunos competidores, participaram da delegação 18 industriais, entre eles 15 presidentes de Federações de Indústrias.
Competição

O torneio foi criado há 61 anos e é realizado a cada dois anos ímpares. Em 2009 a competição foi em Calgary (Canadá), ocasião em que o Brasil ficou em terceiro lugar. Dois anos antes, em 2007, no Japão, o país já havia alcançado o segundo lugar.

Neste ano, o Brasil foi representado no WorldSkills por 28 estudantes, que competiram em 25 ocupações. Destes, 23 são do Senai e cinco do Senac.

Realizada no centro de convenções e exposições ExCel, em Londres, a 41ª edição do WorldSkills reuniu 944 competidores, estudantes de cursos técnicos profissionalizantes de 51 países. O evento recebeu mais de 150 mil visitantes.

O próximo WorldSkills será realizado em Liepzig, na Alemanha, em julho de 2013.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios