Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Suplente da coligação PRB/PDT irá substituir Filipe Barros que toma posse hoje (1º) como deputado federal eleito pelo Paraná

A primeira sessão ordinária do ano na Câmara de Vereadores na próxima terça-feira (5) deverá ser iniciada com a leitura pelo presidente da Casa, vereador Ailton Nantes (PP), da renúncia ao mandato de vereador apresentada por Filipe Barros (PSL), em função de sua eleição como deputado federal. Em seguida deve tomar posse da vaga o primeiro suplente da coligação PRB/PDT (com a qual Filipe Barros foi eleito vereador), Emanoel Gomes. Filipe Barros protocolou ofício renunciando ao mandato a partir de hoje (31). Nesta sexta (1º) ele assume a cadeira conquistada na Câmara dos Deputados em outubro do ano passado, com a sigla do Partido Social Liberal (PSL) e eleito pelo Paraná com 75.326 votos.

De acordo com informações da Assessoria Regimental do Câmara de Vereadores, o suplente Emanoel Gomes será convocado e poderá tomar posse já na próxima terça-feira (5) e participar da escolha dos integrantes das 13 Comissões Permanentes do Legislativo, primeiro item da pauta da primeira sessão ordinária do ano. Antes, porém, deverá ter apresentado ao Legislativo  o Diploma expedido pela Justiça Eleitoral, a declaração de bens e cadastrado o nome que usará como parlamentar.

Segundo mandato

Pastor da Igreja Universal do Reino de Deus, Gomes volta ao Legislativo para o seu segundo mandato como vereador de Londrina. Nas eleições de 2012 foi eleito pela coligação PRB/PP/PR com 3.213 votos, para a 16ª Legislatura (2013/2016). No ano passado assumiu em duas oportunidades a vaga de suplente para substituir Filipe Barros durante as votações para abertura de Comissão Processante e  Sessão de Julgamento decorrentes da Denúncia nº 1/2018.

Natural de Arco Verde (PE), Emanoel Edson de Oliveira Gomes mudou-se com a família para o Rio de Janeiro (RJ) aos seis meses de idade e lá permaneceu até os 17 anos, mudando-se posteriormente para Curitiba, cidade onde viveu até os 30 anos. A mudança para Londrina aconteceu em 2011, e já no ano seguinte conquistou uma vaga na Câmara de Vereadores.

Em parceria com o Grupo Força Jovem, Emanoel Gomes realiza trabalhos de recuperação de jovens usuários de drogas, além de participar de projetos sociais e assistenciais desenvolvidos na cidade, entre eles o Universal nos Presídios (UNP), junto aos detentos das duas unidades da Penitenciária Estadual de Londrina (PEL 1 e PEL 2). Nas últimas eleições, para a Legislatura 2017/2020, foi eleito suplente com 2.184 votos.

Asimp/CML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios