Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Alguns dos novos deputados que tomam posse na Câmara no dia 1º de fevereiro são considerados celebridades da TV, da música ou do esporte.

O cantor, compositor e ator Sérgio Reis (PRB-SP) é um deles. Aos 74 anos, Sérgio Reis tem 55 de carreira – a maior parte na musica sertaneja, mas seu sucesso começou ainda na Jovem Guarda, com o nome artístico de Johnny Johnson.

O artista pretende conciliar a agenda de shows com o mandato e diz que se elegeu deputado para retribuir o carinho do povo, que sempre o apoiou. Na Câmara, terá como bandeira a saúde, área com a qual já é envolvido, prestando apoio ao Hospital de Câncer de Barretos, outros hospitais filantrópicos e entidades sociais. "Eu acho que isso é gratificante. Acho que é minha obrigação e não faço mais do que minha obrigação", disse.

Sérgio Reis teve 45.330 votos, mas chegou à Câmara, devido às regras das eleições proporcionais, puxado por outra celebridade do mesmo partido: Celso Russomanno, que foi o mais votado em todo o Brasil, com mais de 1,5 milhão de votos. Apresentador de TV dedicado ao tema da defesa do consumidor e advogado por formação, Russomano, de 58 anos, já é conhecido da Casa, pois cumprirá seu quinto mandato de deputado federal.

Em Minas Gerais, a deputada eleita Brunny, de 25 anos, é apresentadora de um programa de televisão, o 'Brunny e Vc', transmitido pela TV Alterosa para a região de Governador Valadares. Ela foi eleita pelo PTC, com 45.381 votos. O marido de Brunny, o empresário e deputado estadual Hélio Gomes, do PSD, foi quem a incentivou a entrar para a política.

Esporte
Além de nomes da música e da televisão, São Paulo também terá entre seus representantes na Câmara nomes ligados ao esporte. Um deles é o ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, eleito com quase 169.834 votos pelo Partido dos Trabalhadores.

Favorável a uma reforma política ampla, Sanchez diz que vai priorizar o esporte e a educação em seu mandato: “Obviamente eu vou me dedicar ao esporte, que eu acho que tem muito a fazer no Brasil. Não o futebol em si, mas o esporte em geral. Então, vou me dedicar muito a isso e à educação, até por eu não ter feito curso universitário. Acho que a educação neste País vai melhorar, e muito."

Também originário do mundo do esporte, o ex-judoca João Derly chega à Câmara para seu primeiro mandato como deputado federal, mas já com a experiência de vereador em Porto Alegre. Bicampeão mundial de judô, ele se elegeu pelo PCdoB gaúcho com 106.991 votos.

Entre os famosos, há alguns veteranos, como o palhaço Tiririca (PR-SP), reeleito com mais de 1 milhão de votos e segundo colocado em São Paulo e no Brasil. E ainda o ex-goleiro do Grêmio Darnlei (PSD-RS), também reeleito.

Outros famosos, como o cirurgião plástico Dr. Rey e o cantor Netinho de Paula, não se elegeram. O também ator Stepan Nercessian não se reelegeu, depois de cumprir mandato de 2011 a 2015.

Agência Câmara Notícias

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios