Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

No momento em que a crise política no Brasil repercute na imprensa internacional, a presidenta Dilma Rousseff concedeu hoje (24) entrevista a correspondentes estrangeiros de veículos de seis países. Por quase duas horas, Dilma falou sobre crise, impeachment e economia.

A presidenta conversou com jornalistas doThe New York Times (Estados Unidos), El País (Espanha), The Gardian (Inglaterra), Pagina 12 (Argentina), Le Monde (França) e Die Zeit (Alemanha).

Em dezembro do ano passado, jornais de várias partes do mundo noticiaram a abertura do processo de impeachment da presidenta Dilma na Câmara, entre eles o Wall Street Journal, dos Estados Unidos, a revista inglesa Time e oEl País. As manifestações contra o governo Dilma ocorridas neste mês de março também foram noticiadas fora do país.

site da revista britânica The Economist publicou um artigo, que também estará na edição impressa deste fim de semana, informando que a saída da presidenta Dilma Rousseff do poder daria ao Brasil a chance de um "novo começo". Para a revista, "a maneira mais rápida e melhor para Dilma deixar o Planalto seria renunciar antes de ser derrubada".

Agência Brasil

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL