Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Os professores da creche mantida pela AMAS – Associação Metodista de Assistência Social, CEI Francisco Seixas localizada na Rua dos Arquitetos, 33, no União da Vitória I mantêm a paralisação iniciada na manhã segunda-feira (23 de maio).

A paralisação ocorre por causa do atraso do pagamento de abril. “No mês passado, o pagamento atrasou exatos 30 dias”, conta a professora Adriane Gonçalves Lima. No local o Sinpro irá colocar faixas informando sobre os motivos da paralisação. Com a greve, cerca de 60 crianças ficarão sem atendimento.

A diretoria do Sinpro – Sindicato dos Professores das Escolas Particulares de Londrina e Norte do Paraná informa que a outras duas creches – CEI Regina Barros e Antonieta Trindade – ambas localizadas na Avenida Saul Elkind irão manter as atividades ainda que os professores estejam com os salários em atraso. “Segundo a Secretaria de Educação, o repasse do recuso será feito nesta quinta-feira”, informou Diego Mendes, diretor do Sinpro.

Até o momento, não há indicativo de greve nas duas creches da Zona Norte.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios