Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Secretaria Municipal de Educação ainda está disponibilizando inscrições  para a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Podem se matricular interessados com mais de 14 anos. O objetivo é oportunizar a alfabetização de 1ª a 4ª para aqueles que não puderam estudar em idade regular, além da aprendizagem da leitura e escrita, o desenvolvimento do raciocínio lógico-matemático e a visão global do mundo. 

As aulas tiveram início ontem (2), mas as inscrições continuam abertas. Até o momento, 602 pessoas já estão matriculadas no EJA e a expectativa é que aproximadamente mil participem das aulas até o final do ano.
 
Para fazer a matrícula, os interessados devem procurar a escola municipal mais perto de sua casa e levar uma cópia da carteira de identidade ou certidão de nascimento ou de casamento (se for casado) e um comprovante de endereço (que pode ser uma conta de luz ou água). Caso o aluno venha de outra escola, ele precisa apresentar a declaração de transferência.
 
Em Londrina, este ano são 34 escolas municipais que disponibilizam a educação para jovens e adultos. A novidade é que a Escola Municipal Mabio Gonçalves Palhano, que fica no Parque Ouro Branco (região sul), também está ofertando o curso.

Segundo a gerente de ensino fundamental, Regina Dirce Fanti Silva, no ano passado receberam certificado de conclusão do ensino fundamental 826 pessoas que passaram pelo EJA.
 
A gerente explicou que depois de matriculado, o estudante passa por uma avaliação diagnóstica. Caso tenha conhecimento da leitura e escrita, ele é destinado à segunda fase do EJA.  O tempo de duração do curso depende do aprendizado da pessoa, mas para cumprir a primeira e a segunda fase leva-se, em média, dois anos.

Nos casos em que as pessoas são alfabetizadas, mas não possuem histórico escolar, elas são matriculadas no curso e passam pela avaliação dos profissionais. Caso fique comprovado o conhecimento, através do exame de equivalência, eles recebem a documentação e podem se matricular na 5ª série.

Para receber os certificados, os alunos precisam ter pelo menos 75% de frequência nas aulas e terem sido aprovados nas provas bimestrais.

(Ncom / PML)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios