Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Secretaria de Estado da Educação realizou este mês com os chefes dos 32 Núcleos Regionais de Educação um trabalho de análise pontual das escolas que apresentam um número reduzido de alunos por turma. O objetivo desta ação é identificar as necessidades de números de turmas e de professores, promovendo o melhor uso dos espaços escolares. “Queremos ampliar o atendimento aos alunos em atividades de contraturno que visam à melhoria da qualidade do ensino por meio da ampliação de tempos, espaços e oportunidades educativas realizadas nas escolas”, explicou a superintendente de Educação, Meroujy Cavet. 

A intenção é realizar o levantamento de possíveis situações que justifiquem o número de estudantes, tais como: metragem das salas, transporte, turmas com alunos com necessidades especiais, entre outras justificativas. 

Os chefes dos Núcleos Regionais promoveram uma análise individualizada junto a cada um dos diretores cujas escolas que apresentam um reduzido número de alunos por turma. 

Os relatórios, com justificativas foram enviados à Secretaria para que sejam tomadas medidas necessárias. “A análise e os procedimentos que serão adotados primarão pela garantia da qualidade do processo educativo, sempre ouvindo a comunidade escolar e considerando a realidade de cada região”, disse Cavet. 

ATIVIDADES - A comunidade escolar do Paraná tem demonstrado interesse nas atividades complementares curriculares em contraturno. Somente no primeiro semestre deste ano já foram implantados os seguintes programas: o Centro de Estudos de Línguas Estrangeiras Modernas (Celem) que oferece o ensino do alemão, espanhol, francês, inglês, italiano, japonês, mandarim, polonês e ucraniano em 1.153 escolas, atendendo 84.841 estudantes; o Programa Mais Educação, com coral, xadrez, fotografia, jornal escolar, rádio escolar, entre outras, realizado em 327 escolas, atendendo 32.700 estudantes; e as atividades em contraturno e profissionalizantes propostas pelas escolas, em 146 escolas,atendendo 4.172 estudantes. 

Ainda existem o Programa Esporte Cidadão Unilever (Precuni), com práticas de vôlei, em 16 escolas, atendendo 1.529 alunos; o reforço nas disciplinas de português e matemática para alunos de todas as 5ªs e 8ªs séries do Ensino Fundamental (Salas de Apoio), com 3.760 turmas, atendendo 54 mil estudantes; e as atividades esportivas nas escolas (Segundo Tempo), em 208 escolas, atendendo 20.800 alunos.

(AEN/PR)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios