Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Psicóloga aponta caminhos para a inclusão escolar de pessoas com deficiência

Juliana Lívia Bortolin/Asimp/LV

Durante o 11º Congresso Internacional de Educação da LBV, que ocorre nos dias 27, 28 e 29 de junho, em São Paulo/SP, a psicóloga Eliana Maria Ormelezi palestrará sobre “A escola desafi(n)ada: as necessidades do futuro com a estrutura do passado — novas maneiras de pensar a escola, incentivando novas maneiras de ser (pais, educadores e educandos)”.

O foco da explanação será em torno do tema do evento, “Avaliação: uma visão além do intelecto”, e ela, que é membro da equipe técnica no atendimento, do Grupo de Gestão, do Grupo de apoio à Inclusão e da Comissão Científica da Associação Brasileira de Assistência ao Deficiente Visual (Laramara), abordará a inclusão social dos que possuem alguma deficiência. “Esse é um tema realmente importante e eu espero contribuir. O meu tema faz um trocadilho para tentar discutir a sociedade e a escola desafinada e desafiada, a enfrentar esse momento em que o presente exige posturas e métodos, enfim, elaborações e condutas, atitudes, posicionamentos que estão ainda muito em descompasso com a estrutura que existe (...). Então, discutir as necessidades do presente com uma estrutura do passado é o que nos desafia diariamente e eu espero poder refletir um pouco lá [no congresso] sobre essa questão”.

O congresso ainda terá a presença do dr. João Grandino Rodas, reitor da Universidade de São Paulo (USP); do professor José Pacheco, fundador da Escola da Ponte de Portugal; de Marco Antonio Ferraz, biólogo e pedagogo habilitado em Administração Escolar; de Quézia Bombonatto, presidente da Associação Brasileira de Psicopedagogia (ABPp); de Sérgio Behnken, membro da Sociedade Brasileira de Psicologia Organizacional (SBPOT); e de Maria Suelí Periotto, supervisora da linha pedagógica da LBV; entre outros.

Para se inscrever ou obter outras informações, basta acessar o hotsite www.boavontade.com/congressodeeducacao ou ligar para (11) 3361-6078 e 3225-4590. A inscrição dá direito a almoço e café da manhã (em 28 e 29 de junho) e a participar de quatro oficinas pedagógicas, além do material alusivo ao evento e certificado de participação, no total de vinte horas.

Educar o coração

Com mais de 60 anos de atuação no Brasil e no exterior, a LBV aplica em suas unidades a Pedagogia do Afeto (para crianças de até 10 anos) e a Pedagogia do Cidadão Ecumênico (a partir dos 11 anos), integrantes da linha educacional criada pelo diretor-presidente da Instituição, José de Paiva Netto. O diferencial dessa proposta está em preparar o educando para vivenciar a Espiritualidade Ecumênica, isto é, agindo segundo os valores éticos, ecumênicos e espirituais, somado a um ensino de qualidade.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios