Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Nova instituição de ensino superior do SENAI em Londrina pode ajudar a diminuir a demanda por profissionais especializados da área industrial

Olavo Silva Alves/Asimp

A nova Faculdade de Tecnologia do SENAI Londrina – que já começa a funcionar no segundo semestre de 2012 com os cursos de Fabricação Mecânica e Manutenção Industrial - vai contribuir para melhorar a formação de mão de obra qualificada do setor industrial na região Norte do Paraná e, consequentemente, atrair novos investimentos para o Estado. Empresários e lideranças da indústria paranaense acreditam que os avanços devem ocorrer em pouco tempo.

“Muitos empresários se queixam que antes de ter uma boa infraestrutura para a industrialização é preciso dispor de profissionais altamente qualificados. Por isso, o empresário do setor industrial procura sempre ir atrás de uma cidade que tenha mão de obra qualificada. O SENAI toma esta iniciativa com passos firmes e mostra que o nosso município é forte e investe no conhecimento”, afirma Nivaldo Benvenho, presidente da Associação Comercial e Industrial de Londrina e empresário do setor industrial.

“Esta Faculdade de Tecnologia vem atender há anos uma reivindicação do setor industrial, além de capacitar os nossos trabalhadores e colaboradores em um momento bastante competitivo da atividade industrial. Teremos também um grande atrativo para a instalação de novas indústrias na região Norte do Estado. Sem falar do reconhecimento nacional que o SENAI tem pela excelência dos seus cursos para o setor”, comenta Valter Orsi, presidente do Sindimetal Londrina e diretor geral da Indusfrio.

“Penso que a nova Faculdade de Tecnologia vai trazer muitos benefícios, tanto para quem quer se instalar a nossa cidade como para os empresários que já atuam no setor. Há sempre a necessidade de mão de obra capacitada”, ressalta André Bearzi, diretor do Grupo AESA.

Ary Sudan, outro importante empresário do setor industrial, destaca também a boa perspectiva de investimentos para o Norte do Paraná . “A implantação dos cursos de tecnologia no SENAI em Londrina é uma conquista importante para o setor industrial que tanto necessita de profissionais nas áreas tecnológicas. A região ganha muito com a introdução desses cursos que vêm num momento importante, quando Londrina e cidades circunvizinhas se preparam para receber importantes indústrias. E a tradição do SENAI na formação profissional é um importante referencial para quem deseja frequentar os cursos que serão oferecidos pela instituição”, diz o diretor-presidente do Grupo Rondopar.

Ciclo completo

Com a instalação da nova Faculdade, o SENAI Londrina conta a partir deste ano com um ciclo completo na área de educação profissional. “Nós já tínhamos os níveis básico, técnico e de pós-graduação. Agora, com a Faculdade completamos este ciclo. É um marco histórico para a nossa cidade, que sempre foi carente de cursos superiores para o setor industrial, especialmente para a área de metalmecânica”, destaca Roberto Oliveira, coordenador de negócios em educação do SENAI Londrina. E complementa. “Assim, vamos ajudar no desenvolvimento do setor na região, atrair novas empresas e dar oportunidade para o crescimento do mercado profissional”.

Vestibular

As inscrições para o Vestibular de Inverno da Faculdade de Tecnologia SENAI Londrina já estão abertas. A nova instituição de ensino – com reconhecimento aprovado pelo MEC (Ministério da Educação) – vai ofertar, no primeiro teste seletivo, 240 vagas para os cursos superiores de Manutenção Industrial e Fabricação Mecânica.

Os cursos de Tecnólogo têm duração de 3 anos (seis semestres) e as aulas serão ministradas nas novas instalações do SENAI Londrina. As inscrições para o Vestibular de Inverno vão até o dia 6 de julho. Para participar do processo seletivo o aluno deverá ter concluído o ensino médio, e o início das aulas está previsto para o dia 23 de julho.

“Acreditamos que o maior ganho com a nova Faculdade será a transformação social que vamos proporcionar a uma boa parte da população da região. E isto vem de encontro com a missão do Sistema FIEP, de mudar para melhor a vida das pessoas, investindo sempre na educação”, finaliza Alexandre Ferreira, gerente executivo do SENAI Londrina.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios