Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O senador Flávio Arns (Rede/PR) encaminhou ontem (11) ofício ao presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Duarte Guimarães, ao presidente do Banco do Brasil, Rubem de Freitas Novaes, ao ministro da Economia, Paulo Guedes e ao ministro da Casa Civil da Presidência da República, Walter Souza Braga Netto, apresentando sugestão para que o cidadão que tenha quitado sua dívida junto aos bancos oficiais possa ter direito a acessar o crédito, na condição de devedor quitante.

“O objetivo desta ação é fortalecer a economia e fazer o mercado financeiro girar. Neste momento, devido à pandemia do novo coronavírus, estamos diante de uma grave crise econômica. Essa medida que estamos sugerindo é aplicada apenas para aquela pessoa que já quitou sua dívida e está precisando de um investimento para voltar ao mercado, já que com as regras vigentes, mesmo com as dívidas pagas, o cidadão só pode ter acesso ao crédito respeitando o prazo de até cinco anos”, explica o senador.

Arns pondera que uma vez solucionada a inadimplência, que a pessoa possa ter direito ao crédito bancário, para que com um novo empréstimo, possa se restabelecer e movimentar a economia. “Os brasileiros precisam deste auxílio. Por isso, apelo aos bancos e ao governo federal para que possam avaliar essa possibilidade, permitindo à população uma oportunidade de recomeço”, afirmou.

Greicy Pessoa/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios