Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) criticou os oposicionistas que tentam, por meio de manobras diversas, tornar sem valor o resultado da eleição de 2014, na qual a presidenta Dilma Rousseff foi reeleita. A senadora se referiu ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, cujo advogado - segundo o jornal Folha de S.Paulo - encomendou um parecer sobre impeachment ao jurista Ives Gandra Martins.

“Se querem criar um caminho para discutir o impeachment da presidenta, tenham coragem para discutir isso abertamente e não através de subterfúgios e pareceres tidos como técnicos e não políticos. Qualquer decisão nesse campo é uma decisão política”,  afirmou Gleisi Hoffmann em pronunciamento no Plenário nesta quarta-feira (4). “Lamento esse posicionamento do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso que suja a sua biografia nessa tentativa de apresentar à sociedade, revestido de técnica, um parecer propondo o impeachment da presidenta Dilma”, complementou.

Para a senadora, a oposição precisa se conformar com o resultado da eleição e com o que quis a maioria dos eleitores deste país.

Comparando a atual situação econômica com aquela dos dois governos de Fernando Henrique, Gleisi ressaltou que a inflação está menor, a taxa de juros mais baixa e o índice de desemprego muito menor.

“Quando o presidente Fernando Henrique deixou o Governo, o desemprego era de 12,3%, com uma inflação de mais de 12%, com um juro elevadíssimo e com um desequilíbrio fiscal total. Quem salvou o Plano Real foi Luiz Inácio Lula da Silva. Foi ele quem salvou o Plano Real e colocou as condições de desenvolvimento deste País”, afirmou.

Segundo ela, medidas fiscais restritivas sempre foram tomadas pelo Presidente Lula e pela Presidenta Dilma, quando necessário, para fortalecer a economia do País nos últimos 12 anos. “Os números falam por si só. São dezenas de milhões de brasileiros que abandonaram a pobreza extrema e outras dezenas de milhões que emergiram para a classe média, o que transformou absolutamente o mercado consumidor brasileiro.”

Para ela, o emprego mostra que hoje o país tem uma economia que está no rumo certo. Num momento em que as taxas mundiais de desemprego ainda figuram como o maior desafio nas principais economias do mundo, destacou Gleisi, no Brasil o índice é de 4,3%, o menor índice da série histórica brasileira. “Ter desemprego de 4,3% é fundamental e vital para a realidade econômica da Nação. É cuidar do emprego e da renda das pessoas, dos trabalhadores, da população”, destacou.

A senadora também rebateu críticas dos oposicionistas sobre ajustes feitos pelo governo na pensão por morte, no abono salarial e no seguro-desemprego. As mudanças estão previstas em duas medidas provisórias ora em análise no Congresso. Para ela, os ajustes não tiram direitos de trabalhadores, e sim impedem que os brasileiros paguem a conta de distorções e de fraudes que são cometidas atualmente.

Asimp/Agência Senado

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios