Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Nesta terça-feira, 18, durante reunião da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal em Brasília, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) votou a favor do pedido de financiamento do Governo do Paraná junto ao BID, no valor de 60 milhões de dólares.

A senadora solicitou, com êxito, que o pedido de financiamento, destinado ao programa Família Parananense, passe a tramitar em regime de urgência, o que vai permitir sua votação em plenário com a máxima rapidez e celeridade. Se a pauta permitir, o Senado avaliará a proposta ainda hoje, terça, 18.

“Meu papel como senadora é também apoiar os pedidos de recursos feitos pelo Paraná”, afirmou Gleisi. Segundo ela, ogovernador do Paraná, Beto Richa, falta com a verdade quando alega supostas ingerências políticas na questão dos empréstimos. “Lamento que o Paraná esteja com as contas públicas em completa desordem, o que não se via há muitos anos”, disse Gleisi.

A explicação para as dificuldades financeiras do Estado é o descontrole do governador que gasta mais do que arrecada e não cumpre a Lei de Responsabilidade Fiscal, afirma Gleisi. A senadora considera uma “vergonha” o fato de o governo do Paraná não conseguir pagar seus fornecedores, a maioria deles, micro e pequenos empresários. 

Além da correta ação política da senadora Gleisi em favor da luta para a obtenção de mais recursos para o Paraná, a rápida tramitação do pedido de empréstimo aprovado hoje na CAE mostra, com clareza,  que o governo federal não criou qualquer dificuldade para o Estado.

Em menos de um mês, o processo tramitou pelo governo federal. Na Casa Civil, teve prazo recorde de apenas um dia. O governador enviou à Secretaria do Tesouro Nacional o pedido em 26 de novembro de 2013. Em 20 de dezembro de 2013, o ministro da Fazenda encaminhou seu parecer à Presidência da Republica.

No dia 24 de dezembro a presidente Dilma assinou a mensagem para o Congresso Nacional e, no mesmo dia, a então ministra-chefe da Casa Civil, senadora Gleisi Hoffmann, encaminhou a mensagem presidencial ao Senado da Republica. Agora, no Senado, coube à senadora agir mais uma vez em favor do Paraná.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios