Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

AEN/PR

O governador Beto Richa sancionou o projeto de lei que concede aumento de 31,73% no vencimento dos professores das instituições estaduais de ensino superior. A medida altera a lei n° 15.944.(Foto: ANPr)O governador Beto Richa sancionou nesta quarta-feira (22) o projeto de lei que concede aumento de 31,73% no vencimento dos professores das instituições estaduais de ensino superior. A medida altera a lei n° 15.944.

A aplicação do reajuste será realizada em quatro parcelas anuais de 7,14%, sedo que a primeira vai ser aplicada na folha de pagamentos de outubro desde ano e as demais no mesmo mês de 2013, 2014 e 2015, independentemente das recomposições salariais normais do funcionalismo estadual. 

Richa afirmou que o governo do estado atendeu integralmente ao pleito dos professores e sindicatos e espera que o indicativo de greve da categoria seja suspenso. “Este reajuste foi um compromisso de governo assumido com as universidades estaduais e com os professores e está cumprido”, disse o governador. “Com esse aumento nós estamos corrigindo uma distorção causada nos governos anteriores”, afirmou.

O reajuste faz parte do plano de equiparação salarial do corpo docente com o quadro técnico das universidades estaduais e, para o secretário estadual de Ciência,Tecnologia e Ensino Superior, Alípio Leal, o indicativo de greve da categoria é uma precipitação da classe, já que o governo cumpriu todos os compromissos assumidos. 

Leal declarou que o governo do estado não tem nenhuma dificuldade em cumprir seus compromissos. “A perspectiva que foi confirmada é do pagamento da primeira parcela a partir de outubro. Portanto, se estamos em agosto, nós cumprimos exatamente todo o cronograma estabelecido e esperamos que o bom senso da categoria e dos sindicatos possa prevalecer” disse o secretário. 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios