Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Após concretizado o impeachment da presidente afastada Dilma Rouseff, o Deputado Federal Luiz Carlos Hauly defende que o Governo lance, imediatamente, um pacote de estimulo à economia, para que o Brasil possa, efetivamente, buscar um norte seguro para sair da crise. "O País precisa sair deste estado de imobilismo geral. Com empresas fechando e milhões de brasileiros desempregados, o Executivo e o Parlamento precisam trabalhar para combater os efeitos desta danosa recessão", afirmou.

Para Hauly, o Governo precisa liderar uma ampla Reforma Tributário, pois o Brasil tem o pior sistema tributário do mundo, penalizando duramente o setor produtivo (que tem perdido toda sua capacidade de competitividade) e também os trabalhadores de baixa renda. "Quem ganha até dois salários mínimos, paga o absurdo de 53,5%, enquanto quem ganha acima de 30 salários, paga 29%, ou seja, é uma distorção inaceitável", criticou.

Economista premiado, duas vezes Secretário da Fazenda do Paraná, Hauly já esteve duas vezes em audiência com o presidente Michel Temer, cobrando a urgência na implantação das reformas, a partir da necessidade imediata da redução dos impostos e da simplificação do sistema tributário brasileiro.  Ele também defende um novo Pacto Federativo, para redefinição da divisão do bolo tributário entre União, Estados e Municípios, além da busca de um entendimento nacional para recuperação geral do Brasil. 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios