Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Com envio do texto, equipe econômica do governo deve intensificar agenda econômica

A proposta de reforma administrativa foi assinada pelo presidente Jair Bolsonaro e deverá ser enviada ao Congresso ainda esta semana. O novo documento teve retirada a proibição ao servidor público de se filiar a partido político.

Pelo que já foi divulgado do texto que estava em construção, haverá redução no número de carreiras e também no salário inicial, além de mudanças na chamada estabilidade do servidor.

Em fevereiro o governo ameaçou desistir de enviar a proposta, mas Bolsonaro foi convencido por integrantes da equipe econômica da importância e urgência do tema para a economia do País. A avaliação os membros da economia do governo é de que a demora no envio da matéria foi uma sinalização ruim para os agentes do mercado, mostrando que a estratégia de continuar com as reformas perdeu ritmo dentro do governo.

A meta de Bolsonaro é enviar a matéria logo depois do Carnaval. Com o envio Reforma Administrativa a equipe econômica deve intensificar a articulação política em prol da agenda econômica do governo.

Agência do Rádio

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios