Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

AEN/PR

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) inaugurou nesta segunda-feira o primeiro Laboratório Multimídia Multiusuário, no Centro de Estudos Sociais Aplicados (Cesa), para uso dos alunos de três programas de pós-graduação stricto sensu: Economia Regional (mestrado), Serviço Social (mestrado e doutorado) e Administração (mestrado). Foto: Agência UELA Universidade Estadual de Londrina (UEL) inaugurou nesta segunda-feira o primeiro Laboratório Multimídia Multiusuário, no Centro de Estudos Sociais Aplicados (Cesa), para uso dos alunos de três programas de pós-graduação stricto sensu: Economia Regional (mestrado), Serviço Social (mestrado e doutorado) e Administração (mestrado). 

O laboratório tem os equipamentos necessários para a realização de videoconferência e é constituído, ainda, por 18 potentes computadores, com processadores Quad Core e respectivos monitores de 22 polegadas, dois televisores de 52 polegadas, um equipamento de datashow e um quadro interativo – uma tela de dimensões semelhantes às de um quadro de giz, na qual se pode mudar a imagem projetada de um computador com um toque, como se faz com qualquer tela de equipamento eletrônico sensível ao toque. 

O custo dos equipamentos foi de R$ 130 mil, pagos com recursos da Capes, e R$ 30 mil com recursos da própria UEL, utilizados nas adaptações da rede elétrica e na extensão da rede lógica. 

O diretor do Cesa, professor Sérgio Carlos Carvalho, fez destacou o fato de que o laboratório destina-se às atividades da pós-graduação stricto sensu. “É na pós-graduação que se formam os professores do ensino superior, e é nesse âmbito que a UEL pode se destacar cada vez mais. Hoje o ensino superior se expandiu muito, na região e em todo o Brasil, especialmente na rede privada, mas os professores são formados nas universidades públicas. Por isso, quem dá regulação à qualidade do ensino superior em geral são universidades públicas, na formação desses professores. Aí está o grande papel que a UEL tem a desempenhar no futuro para o desenvolvimento da nossa região”, afirmou. 

Para a reitora Nádina Moreno, a instalação do laboratório foi “uma lição sobre quanto se pode colher quando se busca a parceria, o trabalho conjunto em função do interesse coletivo”. A reitora lembrou que a Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem) tem insistido junto à Capes na proposta de abertura de editais exclusivos para que essas entidades possam se atualizar quanto às tecnologias destinadas ao ensino, do tipo das existentes no laboratório do Cesa. 

Ela espera que, com essa perspectiva, outros Centros de Estudos da UEL possam se equipar também.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL