Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Ministério da Educação (MEC) anunciou que pretende dobrar até 2014 o número de bolsas de doutorado sanduíche para estudantes brasileiros no exterior. Por essa modalidade, o aluno cursa parte da especialização em instituição estrangeira e retorna para concluir o doutorado no Brasil. Em 2011, segundo a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), serão ofertadas 2,8 mil bolsas e a expectativa é chegar a 7,6 mil até 2014.

O aumento do número de bolsas será possível em função de uma mudança nas regras para concessão. Antes, apenas cursos com nota acima de 5 (em escala de 1 a 7) recebiam uma cota que podia ser utilizada por até três estudantes em um período de quatro meses. Agora, os programas de doutorado com notas de 3 a 7 podem se candidatar para receber até duas cotas.

Antes de enviar a candidatura à Capes, o candidato à bolsa precisa apresentar a documentação necessária à coordenação do programa de pós-graduação, que designará uma comissão para analisar as propostas e escolher os alunos aptos a participar. A lista dos documentos necessários e as regras do programa estão disponíveis na página da Capes na internet.

(Agência Brasil)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios