Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

AEN

Mais de 1.300 competidores e técnicos esportivos de escolas especiais de 23 estados brasileiros estarão reunidos em Maringá, no norte do Paraná, a partir hoje (5), para a 20ª edição das Olimpíadas Especiais das APAES. O evento, que prossegue até o dia 10, é promovido pela Secretaria de Estado da Educação, em parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Maringá e Federação Nacional das Apaes, com apoio da Prefeitura de Maringá e do Centro Universitário de Maringá (Cesumar).

A abertura oficial do evento acontece hoje (5) às 19h30, no Ginásio Municipal de Esportes Chico Neto, com a presença do governador em exercício, Flávio Arns. A solenidade contará com apresentações artísticas e culturais.

Esta é a terceira vez que o estado do Paraná sedia uma Olimpíada Especial Nacional das Apaes. O evento é nacional e realizado de três em três anos. Nessa edição, os competidores participarão das modalidades de atletismo, basquete, futsal, futebol sete, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, natação, tênis de mesa e capoeira.

Um dos diferenciais da competição deste ano é que os resultados alcançados pelos paraatletas serão homologados pelo Comitê Paraolímpico Nacional e incluídos entre os critérios para concessão de bolsas do programa Top Formador, do governo do Estado.

As delegações serão acompanhadas durante as Olimpíadas por duplas de policiais “Anjos da Guarda”, formadas por acadêmicos da Polícia Militar de Maringá. Eles ficarão hospedados no hotel da delegação que estarão acompanhando e prestarão apoio e todas as informações necessárias para o bom andamento da competição.

Para a diretora do Departamento de Educação Especial e Inclusão Educacional da Secretaria da Educação, Walquíria Onete Gomes, a realização das XX Olimpíadas Especiais das Apaes é uma oportunidade para que alunos com deficiência intelectual tenham acesso ao esporte de nível avançado. Todos os participantes são alunos de escolas especiais que foram classificados na Olimpíada Estadual. “A participação em um evento como este envolve desde a questão social e a preparação para o exercício da cidadania até a integração com atletas de vários estados do Brasil”, disse.

Walquiria enfatiza que a Secretaria da Educação procura incentivar a estimulação dos alunos com deficiência por meio do esporte. “Em todas as escolas de educação básica na modalidade de educação especial, os professores de Educação Física que acompanham os estudantes buscam a superação e a participação integral nos esportes”, afirma.

Ao todo, estão conveniadas com a Secretaria de Estado de Educação 400 escolas de educação básica na modalidade de educação especial, que reúnem um total de 41 mil estudantes. Dessas escolas, 320 são Apaes. Participam das XX Olimpíadas 14 Conselhos Regionais das APAES do Paraná.

O evento conta com o apoio da Associação Brasileira de Desportos de Deficientes Mentais (Abdem) e da Polícia Militar do Paraná.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios