Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

IFPR lançou hoje edital para a construção de 18 blocos administrativos

Meire Bicudo/Asimp 

Foi publicado ontem, 20/09 o edital para construção de 18 novos blocos administrativos e bibliotecas do Instituto Federal do Paraná - IFPR. Serão investimentos da ordem de R$ 70 milhões.

O deputado federal André Vargas comentou que ele, juntamente com os outros deputados da bancada federal do Estado, têm priorizado trabalhar pela educação tecnológica, como os institutos federais no Paraná.

 “Na primeira fase foram instalados seis institutos, depois conseguimos federalizar o instituto de Londrina e ainda queremos construir uma sede nova, hoje está funcionando ali na João XXIII, do lado da associação odontológica. E agora com esse investimento alguns institutos serão ampliados e outros receberão novas unidades. São investimentos de aproximadamente R$ 4 milhões por unidade”, informou Vargas.

Segundo o deputado isso mostra o compromisso que a presidenta Dilma tem em continuar expandindo o ensino tecnológico, as chamadas escolas técnicas federais, que também tem cursos superiores, mas que tem por objetivo ajudar no desenvolvimento dessas regiões, apresentando uma alternativa na qualificação da mão de obra e também da nossa juventude.

 “É um grande sonho, nós trabalhamos muito aqui ao lado do reitor, o ex-deputado Irineu Colombo, junto ao ministro da Educação, Aloízio Mercadante, estamos muito felizes com esta conquista e queremos, em breve, estar inaugurando essas unidades e  ver os jovens mais alegres e felizes com perspectiva de empregabilidade e fundamentalmente ajudando no desenvolvimento da sua cidade, que inclusive são cidades pólos do Paraná”, comentou.

André Vargas também informou que investimentos como este estão sendo repassados para todos os estados do Brasil. “Comparativamente, claro que o Paraná ganhou muito, porque tem uma Universidade Federal Tecnológica em 13 municípios e mais 23 municípios com Institutos Federais, eu não tenho dúvida de que no Paraná é uma referencia nessa área também”.

Serão beneficiados os câmpus de Astorga, Campo Largo, Capanema, Cascavel, Foz do Iguaçú, Goioerê, Irati, Ivaiporã, Jacarezinho, Jaguariaíva, Paranaguá, Paranavaí, Paranaguá, Pinhais, Pitanga, Quedas do Iguaçú, Telêmaco Borba e União da Vitória.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios