Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O governador Beto Richa autorizou novos investimentos na rede pública estadual de ensino, que somam R$ 10,1 milhões. Richa homologou licitações para obras de reparos e ampliação em três escolas – em Cascavel, Maringá e Guarapuava – e autorizou o processo licitatório para a construção de mais um Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP), no município de Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba.
No início da semana. Richa já havia assinado ordens de serviço para construção, reparos e ampliações em 16 escolas do Estado – um investimento de R$ 39,8 milhões que vai beneficiar mais de 17 mil alunos da rede estadual de ensino de todas as regiões do Estado.
“O Estado do Paraná passa por um momento de transformação na educação, com mais qualidade e melhoria na infraestrutura das unidades”, disse o governador. Ele lembrou que o governo investiu no ano passado mais de R$ 120 milhões em obras de construção e ampliação de escolas.
Obras

O Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) de Almirante Tamandaré receberá investimentos de R$ 7,18 milhões. A unidade atenderá 1.200 alunos nos turnos diurno e noturno. São 6.495 mil metros quadrados de área, que comportam quatro blocos, biblioteca, refeitório, laboratórios, anfiteatro e quadra poliesportiva coberta.
As três licitações para reforma e ampliação de escolas homologadas por Richa somam mais R$ 2,9 milhões de investimento. Em Cascavel, o Colégio Estadual Olinda Truffa de Carvalho, que atende mil alunos, terá reparos gerais em toda a estrutura.
A estrutura do Colégio Estadual de Ensino Fundamental, Médio e Profissional Polo, em Maringá, será ampliada com a construção de quatro laboratórios, passarela e pátio externo. A unidade atende 1.700 alunos.
No Centro Estadual de Educação Profissional Arlindo Ribeiro, em Guarapuava, serão realizados reparos em três blocos e no sistema elétrico, além de obras de paisagismo e pavimentação.
O vice-governador e secretário de educação, Flávio Arns, destacou outras medidas já implantadas pelo Governo do Estado na área da educação, como a contratação de mais de 17 mil profissionais da educação, a ampliação da verba para o transporte e para a merenda escolar. “A educação neste governo é tratada como prioridade absoluta”, afirmou Arns.
CEEP

As obras de construção e ampliação nos Centros Estaduais de Educação Profissional (CEEP) fazem parte do Programa Brasil Profissionalizado. Recursos do governo federal destinados à educação profissional estavam parados desde 2008. No ano passado, com o objetivo de reforçar a oferta do ensino profissional no Paraná, o governador Beto Richa e o vice-governador e secretário da Educação Flávio Arns agilizaram a liberação das verbas.
Valores dos processos licitatórios para cada unidade:
Construção
Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP), em Almirante Tamandaré: R$ 7.180.700,00.
Reformas e ampliações
Colégio Estadual Olinda Truffa de Carvalho, em Cascavel: R$ 1.276.681,13;
Colégio Estadual de Ensino Fundamental Médio e Profissional Polo, em Maringá: R$ 809.809,69;
Centro Estadual de Educação Profissional Arlindo Ribeiro, em Guarapuava: R$ 910.041,70

(AEN)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios