Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O primeiro curso, resultado de convênio do MP-PR com a Universidade Federal do Paraná, está com inscrições abertas até o dia 6 de junho

 
Asimp/ MP-PR
 
O curso de extensão Ministério Público Universitário, parceria firmada entre o MP-PR, por meio do Movimento Paraná Sem Corrupção, e a Universidade Federal do Paraná, está com inscrições abertas até o dia 6 de junho. As aulas, destinadas a alunos da graduação em Direito da UFPR, terão início no dia 10 de junho, com carga horária de 23 horas/aula (18 para a etapa teórica e 5 para a etapa prática).
 
O curso é o primeiro a ser promovido no Estado, com o objetivo de ampliar o intercâmbio entre o Ministério Público e a Universidade e alavancar projetos sociais realizados pelo MP-PR. A perspectiva é que o Ministério Público Universitário seja estendido a outras áreas e comarcas do interior do Paraná, conforme Instrução editada pelo Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF) neste mês de maio.

A instrução interna regulamenta a elaboração de Planos de Trabalho visando o estabelecimento de convênios entre o MP e instituições de ensino superior para novos cursos de extensão. Procuradores e promotores do MP-PR que tiverem interesse em firmar esses convênios devem encaminhar o Plano de Trabalho ao CEAF, orientando-se pelas normas contidas naquele ato e anexos, visando obter aprovação e, em seguida, firmar o Termo de Convênio.

O projeto de curso de extensão universitária deve ser oferecido na modalidade presencial, em duas etapas: uma teórica e outra prática. Na fase teórica, podem ser incluídas palestras de membros do Ministério Público ou professores da respectiva universidade, com temas vinculados às ações e/ou projetos sociais do MP e ao objeto do Convênio. A fase prática deve conter ações com a comunidade local, como escolas, associações de moradores, movimentos sociais e conselhos municipais.

“A ideia dessa Instrução é implementar projetos sociais do Ministério Público, em qualquer área de atuação, tanto em Curitiba quanto nas comarcas do interior. Dessa forma, a Instituição passa a contribuir para que os alunos atuem junto à comunidade, prestando serviços, esclarecimentos, etc., amparados por professores da instituição de ensino e também por procuradores e promotores de Justiça”, explicou a subprocuradora-geral de Justiça para Assuntos Jurídicos e coordenadora do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF), Samia Saad Gallotti Bonavides.

Ministério Público Universitário
 
O curso de extensão Ministério Público Universitário, na UFPR, busca sensibilizar os acadêmicos da Faculdade de Direito para a realidade social, usando, como embasamento, as ações desenvolvidas pelo Movimento Paraná Sem Corrupção.

“O convênio já firmado e qualquer outra parceria que venha a ser criada são de enorme importância porque inserem a universidade nas ações estratégicas do Ministério Público, contribuindo não apenas para a transmissão de conhecimentos teóricos e práticos aos acadêmicos, mas para sua inserção nos debates para o desenvolvimento da cidadania”, afirmou o promotor de Justiça Eduardo Augusto Salmoão Cambi, coordenador estadual do Movimento Paraná Sem Corrupção. “A Instrução editada pelo CEAF permite que todo membro do MP-PR apresente proposta de curso de extensão com instituições de ensino superior para fomentar o desenvolvimento de projetos sociais de iniciativa do MP, como o Movimento Paraná Sem Corrupção”, acrescentou.

Confira outras informações e a programação completa do curso Ministério Público Universitário na página no Movimento Paraná Sem Corrupção (http://www.paranasemcorrupcao.org.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=37)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios