Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

AEN

O governador Beto Richa autorizou a formalização de acordo de cooperação técnica entre o Governo do Estado e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação para interligar instituições públicas de ensino superior e de pesquisa do Paraná através da plataforma de comunicação da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

O objetivo do acordo é criar uma infraestrutura avançada que permita o desenvolvimento de projetos colaborativos no meio acadêmico estadual. As redes locais serão conectadas a uma rede principal (backbone) da RNP pela qual todos os dados vão trafegar. A cooperação técnica pretende estimular a aplicação de novas tecnologias e incentivar a universalização do acesso à internet.

“A utilização do sistema vai garantir que as nossas universidades e institutos de pesquisa possam funcionar de forma integrada, com mais agilidade e sem custos para os usuários do serviço”, afirmou Richa. Segundo ele, este é mais um avanço na busca pela agilidade e cooperação entre as instituições públicas estaduais, municipais e federais.

Com a autorização do governador, o acordo com o ministério será firmado pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. A proposta prevê a interligação por meio de sistemas tradicionais de transmissão de dados (fibra ótica), redes sem fio (wireless) e de longa distância.

Segundo o secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Alípio Leal, a integração das instituições do Paraná através da rede nacional é um instrumento fundamental para que o Estado possa dar continuidade ao seu plano de crescimento. “A interligação da rede vem reforçar o nosso planejamento de criar sete novos polos de desenvolvimento e pesquisa no Paraná até o final de 2013”, afirmou.

O secretário também explicou que a plataforma de comunicação de dados vai melhorar o ambiente para o desenvolvimento de ciência, tecnologia e inovação, possibilitando condições mais favoráveis para a atração de novos investimentos para o Estado. “O plano de metas do governo estadual também será beneficiado com a ampliação da rede”, concluiu o secretário.

RNP

A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa é uma instituição criada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) que integra todo o sistema de pesquisa e ensino superior através de uma rede de alto desempenho. Além de abrigar informações sobre várias áreas do conhecimento, o ambiente também promove pesquisas para desenvolvimento de novas tecnologias de informação e comunicação (TIC).

A RNP oferece conexão gratuita à internet para instituições federais de ensino superior, vinculadas ao Ministério da Educação (MEC), unidades de pesquisa federais ligadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação e outras instituições de ensino e de pesquisa públicas e privadas.

A instituição testa e aplica tecnologias de última geração na rede e dá suporte a serviços e aplicações avançadas como videoconferência, telemedicina, educação à distância, geoprocessamento e telefonia sobre Internet (VoIP).

Rede Ipê

A RNP opera a Rede Ipê, uma das mais avançadas estruturas do mundo de rede de internet voltada para a comunidade brasileira de ensino e pesquisa. Nela estão conectadas as principais universidades e institutos de pesquisa do País. Também há conexão com redes acadêmicas estrangeiras.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios