Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Diário Oficial da União publicou o decreto que regulamenta o “Programa Ciência sem Fronteiras”, do governo federal. O programa vai oferecer, até 2014, 101 mil bolsas para que estudantes e pesquisadores possam aprimorar seus conhecimentos nas melhores universidades do mundo.

A iniciativa privada vai apoiar 26 mil estudantes. O projeto pretende promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional.

O deputado Alex Canziani (PTB-PR) defende a iniciativa do Executivo. “Nossos alunos precisam estar em sintonia com as universidades de outros países. Isso vai agregar muito a eles e ao país também, uma vez que estas pessoas aplicarão suas experiências aqui quando voltarem dos intercâmbios", afirma Canziani, presidente da Frente Parlamentar da Educação do Congresso Nacional.

O programa “Ciência Sem Fronteira” também busca atrair pesquisadores do exterior que queiram se fixar no Brasil ou estabelecer parcerias com os pesquisadores brasileiros nas áreas prioritárias definidas pela proposta.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios