Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

AEN

Com centenas de ofertas tecnológicas, pesquisas e patentes de instituições de pesquisa e prestadores de serviços tecnológicos e uma participação expressiva de pesquisadores, técnicos e professores de todo o Estado, a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior encerrou na quinta-feira à noite (18) a Inovatec Paraná 2012 – a segunda feira paranaense de negócios em inovação tecnológica entre empresas, universidades, instituições de pesquisa e prestadoras de serviços tecnológicos.

Na solenidade de encerramento, o secretário Alípio Leal falou que o evento superou as expectativas e adiantou que dentro de alguns dias vai apresentar o balanço dos negócios realizados. Ele destacou o programa Paraná Inovador. “Com o Paraná Inovador estamos vencendo o desafio de criar ambientes propícios à inovação e definindo os alicerces para o desenvolvimento estadual de longo prazo”, afirmou.

Voltado para o incentivo ao desenvolvimento científico, tecnológico e inovação em áreas consideradas estratégicas para o Estado, o Paraná Inovador é um dos programas do Plano Plurianual (PPA), período 2012/2015, que dá as linhas para estabelecer a Lei Orçamentária do Estado.

As diretrizes do programa contemplam o apoio aos arranjos produtivos locais, por meio do planejamento de estratégias voltadas para o desenvolvimento sustentável; a interação entre as universidades, institutos de pesquisa e empresas, promovendo uma ampla rede de pesquisa e inovação; o desenvolvimento e consolidação das pesquisas nas áreas estratégicas para o Paraná; e a divulgação do conhecimento, produtos e serviços de base tecnológica do Estado.

De acordo com o secretário, o programa estabelece parcerias com instituições empreendedoras de ensino superior, centros de pesquisa, empresas, organizações não governamentais e do governo do Estado para viabilizar programas e projetos estaduais e nacionais. Também fomenta atividades nas áreas prioritárias do Estado para a ciência, tecnologia e inovação, definidas pelo Conselho Paranaense de Ciência e Tecnologia (CCT).

Planejamento

Leal falou sobre o planejamento de longo prazo em T&I para o Paraná que está sendo elaborado para o período de 2018/2030. “Com esse chamado "master plan" a secretaria, juntamente com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Paraná (Senai), vai incrementar os ativos e a capacidade de investimentos em CT&I do Paraná, de acordo com as vocações e potencialidades de cada uma das regiões do Estado”, explicou.

Estão previstos a criação de uma plataforma de mapeamento e georreferenciado de apresentação dos ativos de CT&I do Estado e definição de um modelo de referência de articulação de habitats de inovação para o Estado do Paraná.

A Inovatec é uma iniciativa da Secretaria estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), em parceria com a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR) e o sistema da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep).

Prêmio

A Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior entregou no encerramento da Feira Inovatec o 25° Prêmio Paranaense de Ciência e Tecnologia. A iniciativa faz parte das ações da secretaria para valorizar produções científicas de pesquisadores, jovens talentosos, inventores independentes e jornalistas científicos.

O prêmio possui quatro categorias: profissional (um professor-pesquisador e um pesquisador-extensionista em cada área); estudante de curso de graduação; inventor independente (com formação em qualquer área do conhecimento) e jornalista científico.

O prêmio, criado em 1986 pelo governador José Richa, contempla, a cada ano, em sistema de rodízio, duas grandes áreas do conhecimento. Nesta edição foram escolhidas as engenharias e as ciências biológicas.

A premiação consiste em um diploma e valor em dinheiro para as diferentes categorias tendo como base o valor do vencimento de professor titular em regime de dedicação exclusiva das instituições estaduais de ensino superior (IEES).

Confira a lista dos vencedores:

Área Ciências Biológicas

Categoria professora-pesquisador

Ganhador: Maria Angélica Ehara Watanabe, do Departamento de Ciências Patológicas do Centro de Ciências Biológicas/UEL.

Categoria: Pesquisador-Extensionista

Ganhador: Marcílio Hubner de Miranda Neto/Departamento de Ciências Morfológicas/UEM.

Categoria: Estudante de Curso de Graduação

Ganhador: Patrícia Midori Morobushi Ozawa/Curso de Biomedicina/Centro de Ciências Biológicas/UEL.

Área Engenharias

Categoria: Professor-Pesquisador

Ganhador: Roberto Buchaim/Departamento de Estruturas/Centro de Tecnologia e Urbanismo/UEL.

Categoria: Inventor Independente

Ganhador: Carlos Antônio do Nascimento Beyersdorff/Foz do Iguaçu/PR.

Invenção: Veículo para Transporte Autônomo de Cadeirantes.

Categoria: Estudante de Curso de Graduação

Ganhador: Thiago Gaspar Levin/Curso de Sistemas de Informação/Campus Luiz Meneghel/UENP.

Categoria: Jornalismo Científico

Ganhador: Célio Mamoru Nozaki Yano/Jornalista/Curitiba/PR.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios