Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Com 285 alunos inscritos, Projeto Comunitário que completa 10 anos em 2012, começa atividade de treinamento de estudantes e 26 instituições de Londrina e região

Neste sábado, 20, na PUCPR-Campus Londrina serão realizadas oficinas para os acadêmicos que realizarão ações comunitárias, atividades que integram o Projeto Comunitário da Universidade. As oficinas começam às 8h e vão até às 16h.

O projeto em Londrina oferece até 517 vagas por semestre e já estão inscritos 285 estudantes, dos cinco cursos ofertados pela PUCPR –Campus Londrina. São realizadas atividades constantes em entidades e instituições beneficentes e também mutirões pontuais.

 No dia 1º de agosto, os estudantes participaram de palestra, com o psicólogo Reinaldo Paiva, de empresa parceira da universidade, para conhecerem o que é o Projeto Comunitário e a importância da ação de participar.

Segundo Lícia Maria Munhoz Manzano, que coordena o projeto no campus Londrina junto com Marcos Roger Ribeiro, este semestre, a Universidade vai atender 26 instituições de Londrina, Ibiporã, Cornélio Procópio, Jataizinho e Cambé.

Entre as instituições atendidas estão a APAE-Londrina, a Escola Profissional e Social do Menor de Londrina (Epesmel), Casa do Bom Samaritano, Casa de Maria e outras.

Nesta sexta-feira, 19, das 8h às 17h foi realizado o II Encontro com responsáveis Institucionais do Projeto Comunitário. Participaram representantes das entidades e instituições que receberão os alunos da PUCPR-Campus Londrina para as atividades do projeto.

Coordena as oficinas dos alunos e também o encontro dos representantes das instituições, a pedagoga Elaine Oliveira Santos, de Curitiba, que segundo Lícia, com o objetivo de alinhar as necessidades das instituições com o aprendizado dos alunos, através dos trabalhos ofertados.

Oficinas no sábado (20) no Campus PUC Londrina

Entre as 8h e 10h, todos os alunos participam da condução de grupos, se reúnem no campus, na sala 44, no 2º andar. Das 10 às 12h, os alunos que vão trabalhar na Casa do Bom Samaritano e na Casa de Maria se reúnem com os responsáveis das instituições para a definição do tipo de atividades a serem desenvolvidas.

Para os alunos que vão trabalhar nos Centros de Educação Infantil (CEI), haverá “oficina de hora de contos e brincadeiras”, das 10h às 12h e das 14h às 16h. Os alunos que vão trabalhar no Hospital da zona norte Dr. Anísio Figueiredo (na Rua Cegonha 200, no Conjunto Violin.) terão as atividades desenvolvidas no próprio hospital, para que se familiarizem com o ambiente hospitalar, sob a orientação da assistente social Beatriz, das 9h às 11h. No hospital os acadêmicos desenvolvem atividades na brinquedoteca e também de convivência solidária.    

Oficinas no dia 27 de agosto

As oficinas continuam na próxima semana. No dia 27, sábado, haverá oficina das 8 às 10h para aqueles que vão trabalhar no Asilo São Vicente de Paula. Neste caso, serão realizadas vivências para mostrar as dificuldades que os idosos enfrentam. Das 10 às 12h, haverá reunião para o planejamento dos trabalhos no Lar dos Vovôs e a partir das 12h30, haverá reunião para os mutirões.  

O Projeto Comunitário                                                                                

O Projeto Comunitário completa em 2012, 10 anos e foi implantado na PUCPR em 2002, como uma disciplina obrigatória dos cursos de graduação, caracterizada como atividade complementar, com 36 horas de duração.

A intenção da PUCPR com o projeto é possibilitar aos alunos vivências de cidadania e responsabilidade social e a abertura de horizontes que ocorre a partir das experiências em asilos, hospitais, creches, orfanatos e em outras instituições.

O projeto também contribui para que se desenvolva princípios éticos, cristãos e maristas, parte da missão da PUCPR.

(Asimp_PUCPR/Campus Londrina)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios