Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

As provas para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontecem nos dias 22 e 23 de outubro. Para Carlos Alberto Bordin, professor de matemática há mais de 30 anos, os últimos dias que antecedem a prova devem ser de tranquilidade e revisão dos conteúdos de maneira descontraída. "A última semana é de calma. O aluno sabe que está bem preparado, principalmente os que fizeram curso. Agora o estudante precisa de tranquilidade e revisar os conteúdos. Na hora da prova é importante ler com atenção os enunciados. A própria questão vai dizer ao aluno o que deve ser feito", afirma o professor.

Bordin faz parte da equipe de professores especializados que ministram o curso preparatório para o Enem oferecido gratuitamente pela universidade Unopar em todo o Brasil. As aulas começaram no dia 29 de agosto e vão até o dia 21 de outubro, véspera da prova do Exame. Os alunos tiveram aulas de segunda a sexta-feira, das 14h15 às 17h30, por meio do Sistema de Ensino Presencial Conectado.

O professor acredita que a principal dificuldade dos alunos que farão o Enem será no dia da redação. "A extensão das questões e ainda ter de fazer uma redação leva os alunos ao cansaço e a falta de atenção". Para driblar esse fator negativo da prova Bordin aconselha que o estudante leia o título da redação, mas faça as questões primeiro, para que ele possa pensar melhor no tema do texto que terá de escrever. "As questões são contextualizadas e isso pode ajudar o aluno a desenvolver uma idéia para escrever melhor sobre o assunto. Muitas vezes acontece do estudante fazer a redação primeiro e depois, ao fazer os outros itens da prova, perceber que poderia ter acrescentado outras informações e contextos", relata

Bordin também dá dicas em relação a questões da área de exatas.  "O ideal é distribuir as questões pelo tempo disponível. Se o aluno não souber resolver, ele deve passar para a próxima. É preciso saber interpretar e resolver o enunciado. Se ele leu duas, três vezes e não deu conta, deve passar para outra questão. O tempo no dia da prova é muito precioso e não se pode desperdiçá-lo em uma única questão", aconselha.

É importante lembrar que não é possível permanecer com equipamentos eletrônicos nas salas de realização das provas. "Calculadoras, relógios, celulares, Ipads, tudo isso será recolhido antes do início da prova. Então, é preferível não levar", afirma.  

Por fim, o professor relembra: "Tudo o que está na questão vai ser usado para resolver o exercício, então tem de ler com atenção. É importante não esquecer de se alimentar bem. Comer antes da prova, mas não comer muito e levar uma garrafinha de água para hidratar o organismo porque a prova será cansativa".

Alunos da Unopar preparados para o Enem

Segundo Bordin, os alunos que fizeram o curso preparatório para o Enem oferecido pela Unopar estão seguros para fazer o Exame.  "A Unopar conseguiu oferecer de forma gratuita, com professores renomados, dois meses de preparação intensiva de uma maneira rápida e fácil. Trabalhamos em cima do que pode cair na prova e não apenas do que costuma cair. Pegamos as novas mudanças e trabalhamos em cima do conteúdo. O diferencial dos estudantes da Unopar é muito grande em relação aos outros alunos que não aproveitaram essa oportunidade.", afirma.

O curso da Unopar foi oferecido em todos os estados brasileiros. "Teve dia que nós tivemos 13mil alunos assistindo as aulas. Nós atingimos uma grande parcela da população, alunos que dificilmente teriam acesso a revisão e até mesmo ao estudo conseguiram esse benefício para se preparar para a prova. Temos aluno do interior do Acre, Rondônia, uma diversidade cultural enorme."

Nessa última semana os alunos do curso da Unopar estão recebendo orientações para a prova. "Estamos dando dicas do que eles não devem fazer. São aulas focadas na prova, com dicas de ultima hora para o Exame".  O professor afirma que os alunos estão prontos para realizar o exame.  "O curso deixou o aluno bem tranquilo com relação ao conteúdo, então o estudante está preparado para fazer o Enem. Ele só precisa ficar tranqüilo e ler as questões com muita atenção na hora da prova e não se esforçar demais nessa última semana", conclui.

(AsimpCDN)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios