Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A problemática da educação brasileira é complexa e, para ser resolvida, precisa muito do empenho e dedicação das autoridades e da comunidade escolar. É o que ficou evidenciado no “1º Seminário de Líderes em Gestão Escolar no Paraná”, realizado em Londrina pela Fundação Lemann e pela Frente Parlamentar em Defesa da Educação do Congresso Nacional, através do seu presidente, deputado Alex Canziani. O encontro, que reuniu 61 secretários municipais, educadores e pedagogos do Norte do Estado, aconteceu através de teleconferência, com transmissão direta de Atibaia (SP), onde foi realizado o “5º Seminário Líderes em Gestão Escolar” de São Paulo e “XXIII Fórum Estadual da Undime-SP”, também da Fundação Lemann. O ponto de Londrina foi sediado na Fundação do Ensino Técnico (Funtel).

O objetivo do encontro foi oferecer debates sobre temas relevantes e ferramentas eficazes que podem contribuir para tomada de decisões, e reuniu atores importantes na educação do país, como o secretário Estadual de Educação de São Paulo, Herman Voorwald; a secretária municipal de Educação do Rio de Janeiro, Cláudia Costin; a diretora-executiva do Movimento Todos Pela Educação, Priscila Cruz; e a executiva Izabela Murici, da Falconi Consultores de Resultados, entre outros.

“Temos que aprofundar muito as discussões sobre os problemas da educação para depois agir, e agir de forma pontual e com critérios que realmente funcionem na prática”, avalia o deputado Alex Canziani, que também é vice-presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados.

Sem lucro

A Fundação Lemann, copromotora do seminário, é uma organização sem fins lucrativos, criada em 2002 em São Paulo, que tem por objetivo melhorar a qualidade da educação pública no Brasil e oferecer uma educação de alto nível para todos.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios