Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O posicionamento de membros do Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília, assusta e revolta a população. Por isso, o deputado estadual Tercilio Turini entende que os ministros não podem ser vitalícios no cargo. “Aqueles que deveriam ser supermagistrados, discretos, exercendo o papel de moderadores, como guardiões da Constituição, estão interferindo em diversos temas, muito além de suas atribuições”, diz Tercilio.

Para o deputado, não dá mais para aceitar que os ministros do STF permaneçam na função por 30 anos ou mais, como acontece hoje. “Defendo que integrantes do Supremo, de outros tribunais superiores e também ocupantes de outras funções públicas tenham mandato. Se forem mal escolhidos, podem ser substituídos. É preciso acabar com cargos vitalícios”, afirma.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios