Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Arcebispo Fulton Sheen foi um grande evangelizador pelos meios de comunicação nos Estados Unidos nas décadas de 1950 e 1960. Foi ordenado sacerdote aos 24 anos, na Diocese de Peoria. Em 1951, foi nomeado bispo auxiliar de Nova York e, em 1966, bispo de Rochester. Aposentou-se em 1969 e retornou para Nova York, onde morou até sua morte em 1979.

Fulton Sheen que já era reconhecido como “venerável”, e em Julho de 2019 teve a aprovação para seu processo de beatificação, concedida pelo Papa Francisco.

Numa transmissão de rádio no dia 26 de Janeiro de 1947, Sheen explicou o que ele acreditava ser grandes truques do Anti-Cristo, para fazer com que as almas se perdessem.

O Arcebispo já deixa claro que:

“O Anticristo não será chamado desse jeito, senão ele não teria seguidores. Ele não usará meias-calças vermelhas, nem vomitará enxofre, nem portará uma lança, nem acenará como uma flecha como Mefistófeles em Fausto.”

E conclui:

“…ele é descrito como um anjo caído do céu, como ‘o Príncipe deste mundo’, cujo objetivo é nos dizer que não há outro mundo. Sua lógica é simples: se não há céu, não há inferno; se não há inferno, então não há pecado; se não há pecado, então não há juiz, e se não há julgamento, então o mal é bom e o bem é mal.”

O Arcebispo enumera 12 artimanhas de como o Anti-Cristo deverá agir em nosso meio:

1) Ele virá disfarçado como o Grande Humanitário; ele falará de paz, prosperidade e abundância, não como meios para nos conduzir a Deus, mas como fins em si mesmos.

2) Ele escreverá livros sobre a nova idéia de Deus para se adequar ao modo como as pessoas vivem.

3) Ele induzirá a fé na astrologia, de modo a não fazer a [nossa] vontade, mas as estrelas serão as responsáveis pelos nossos pecados.

4) Ele explicará a culpa psicologicamente como sexo reprimido. Fará os homens se encolherem de vergonha, se os seus semelhantes disserem que não são “mentes aberta” e liberais.

5) Ele identificará a tolerância com indiferença ao certo e ao errado.

6) Ele promoverá mais divórcios sob o disfarce de que outro parceiro é “vital”.

7) Ele aumentará o “amor por amor”, e diminuirá o amor [verdadeiro] pelas pessoas.

8) Ele invocará a religião para destruir a religião.

9) Ele até falará de Cristo e dirá que Ele foi o maior homem que já viveu.

10) Sua missão, ele dirá, será libertar os homens das servidões da superstição e do fascismo, que ele nunca definirá.

11) No meio de todo o seu aparente amor pela humanidade e seu discurso de liberdade e igualdade, ele terá um grande segredo que não contará a ninguém; ele não acreditará em Deus. E porque sua religião será a fraternidade sem a paternidade de Deus, enganará até os eleitos.

12) Ele montará uma contra-igreja, que será o macaco da Igreja, porque ele, o diabo, é o macaco de Deus. Será o corpo místico do anti-cristo que em todos os aspectos externos se assemelhará à Igreja como o corpo místico de Cristo. Na necessidade desesperada de Deus, ele induzirá o homem moderno, em sua solidão e frustração, a mais e mais fome por pertencer à sua comunidade, que dará ao homem uma ampliação de propósito, sem qualquer necessidade de emenda pessoal e sem admissão de culpa pessoal. Estes serão dias em que o diabo recebeu uma corda particularmente longa.

Portanto, é necessário que fiquemos muito atentos com o que nos será apresentado num futuro que eu acredito estar próximo. Já estamos vendo tantas aberrações por ai, heresias, ideologias, e tantas coisas mais, corrompendo o povo de Deus e os tirando da Igreja.

À nós cabe a atenção e a Oração, e uma atenta percepção da realidade à nossa volta.

Particularmente, eu acredito que o Anti-Cristo – que será uma pessoa – já esta “sendo formado” para a sua finalidade. E como pensar que isso não viria como uma força política; uma vez que essa realidade precisará abranger todo o mundo?

Aos poucos iremos entendendo como esta “grande teia” irá se desfazendo.

O tempo de nos convertermos é o HOJE.

Danilo Geraldo - Acompanhe nossa Pagina no Facebook

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.