Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O “Aparecida Debate” desta terça-feira (14/9), às 22h, vai abordar sobre os 50 anos de comemoração do Mês da Bíblia. Em setembro, a Igreja no Brasil se dedica a refletir sobre a Palavra de Deus e a sua presença na vida cristã. Em 2021, o destaque à ação é dado ao livro de São Paulo aos Gálatas, com o lema “Pois todos vós sois um só, em Cristo Jesus”. É um convite para a prática da unidade comunitária.  

O programa da TV Aparecida, apresentado pelo jornalista Eduardo Miranda, vai mostrar que a Bíblia não é uma coleção de livros literários. Ela é fruto de práticas comunitárias com marcas históricas milenares. Exige o exercício da justiça e do amor para dar dignidade às pessoas, e une a ação de Deus à prática de vida dos cristãos. A pauta irá destacar que o mês de setembro tem como objetivo, entre outros, facilitar o diálogo criativo e transformador entre a Palavra, a pessoa e as comunidades, e contribuir para o desenvolvimento da ação evangelizadora da Igreja.    

E para debater o assunto, a produção convidou o padre Jânison de Sá, doutor em teologia com especialização catequética e assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil). Também é convidado do programa o Padre Cláudio Roberto Buss, mestre em teologia bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma e doutorando em teologia bíblica pela PUC de São Paulo. Atualmente é professor de Novo Testamento e coordenador dos cursos de pós-graduação da Faculdade Dehoniana de Taubaté, interior paulista, onde também exerce a função de vice-reitor do convento da congregação do Sagrado Coração de Jesus. 

Vera Jardim/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.