Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (1Jo 2,12-17)

Leitura da Primeira Carta de São João.

12Eu vos escrevo, filhinhos: os vossos pecados foram perdoados por meio do seu nome. 13Eu vos escrevo, pais: vós conheceis aquele que é desde o princípio. Eu vos escrevo, jovens: vós vencestes o Maligno.

14Já vos escrevi, filhinhos: vós conheceis o Pai. Já vos escrevi, jovens: vós sois fortes, a Palavra de Deus permanece em vós e vencestes o Maligno.

15Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, não está nele o amor do Pai. 16Porque tudo o que há no mundo — as paixões da natureza, a concupiscência dos olhos e a ostentação da riqueza — não vem do Pai, mas do mundo.

17Ora, o mundo passa, e também a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 95)

— O céu se rejubile e exulte a terra!

— O céu se rejubile e exulte a terra!

— Ó família das nações, dai ao Senhor, ó nações, dai ao Senhor poder e glória, dai-lhe a glória que é devida ao seu nome!

— Oferecei um sacrifício nos seus átrios, adorai-o no esplendor da santidade, terra inteira, estremecei diante dele!

— Publicai entre as nações: “Reina o Senhor!” Ele firmou o universo inabalável, e os povos ele julga com justiça.

Evangelho (Lc 2,36-40)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 36havia também uma profetisa, chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Era de idade muito avançada; quando jovem, tinha sido casada e vivera sete anos com o marido.

37Depois ficara viúva, e agora já estava com oitenta e quatro anos. Não saía do Templo, dia e noite servindo a Deus com jejuns e orações. 38Ana chegou nesse momento e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém. 39Depois de cumprirem tudo, conforme a Lei do Senhor, voltaram à Galileia, para Nazaré, sua cidade. 40O menino crescia e tornava-se forte, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava com ele.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

https://www.youtube.com/watch?v=bzdjxPUR5wk

A viuvez é o tempo de contemplar a vida já vivida

A viuvez é o tempo da graça, é tempo de contemplar a vida já vivida, e ter a graça de dedicar-se integralmente a Deus

“Depois ficara viúva, e agora já estava com oitenta e quatro anos. Não saía do Templo, dia e noite servindo a Deus com jejuns e orações”(Lucas 2,37).

Ana também contempla Jesus no templo, ela vê o menino Jesus. Essa “jovem” anciã tem 84 anos, e não se esmoreceu, não se entregou ao desânimo. Essa mulher de 84 anos vive de orações e jejuns, ela tem força e confiança em Deus; sua alma é fortalecida pela presença do Senhor.

Ontem eu falava para os idosos, contemplando o velho Simeão, que na sua idade avançada se alegrava porque contemplava Jesus. Hoje, volto-me para os nossos viúvos e viúvas. A viuvez não é o tempo do abandonado, e sim, o tempo da graça. É tempo de contemplar a vida já vivida e ter a graça de se dedicar integralmente a Deus.

Se você ficou viúvo e se casará novamente, estará na bênção e na graça, mas se está viúvo e não se casou, faça como Ana: sirva a Deus, entregue-se a Ele.

Na sua casa, onde você se encontrar: seja uma mulher de oração, seja um homem de oração. Dirijo-me aos homens e mulheres que me escutam, porque, certamente chegará em algum momento da vida o estado de viuvez, mas não espere que seja um tempo de abandono e, sim, o tempo da maior presença de Deus em sua vida.

Velhice, idade mais avançada e viuvez não são estados de vida ou situações da vida em que estamos sós. São status da vida onde podemos ser mais inteiros para Deus, podemos contemplar uma vida onde Deus esteve presente, é o tempo propício em que podemos louvá-Lo e agradecê-Lo.

Quando temos em Deus uma razão para viver, encontramos n’Ele a alegria de viver. Louvamos, bendizemos a Ele, contemplamos e O encontramos presente em tantas situações da nossa vida e da nossa existência.

Ana é para nós a profetiza, a mulher que se coloca para ser o oráculo de Deus, para escutar a Palavra d’Ele, para servi-Lo com a vida dela.

Nunca o idoso é imprestável, pode até estar na cama por alguma enfermidade ou deficiência, mas a sabedoria que dali brota é graça viva de Deus. Os idosos são para mim referência e, por isso, tenho deles uma referência, porque, manifestam a sabedoria de Deus manifestada ao longo do tempo.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL