Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Nm 6,22-27)

Leitura do Livro dos Números:

22O Senhor falou a Moisés, dizendo: 23“Fala a Aarão e a seus filhos: Ao abençoar os filhos de Israel, dizei-lhes: 24‘O Senhor te abençoe e te guarde! 25O Senhor faça brilhar sobre ti a sua face, e se compadeça de ti! 26O Senhor volte para ti o seu rosto e te dê a paz!’

27Assim invocarão o meu nome sobre os filhos de Israel, e eu os abençoarei”.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 66)

— Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção.

— Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção.

— Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção, e sua face resplandeça sobre nós! Que na terra se conheça o seu caminho e a sua salvação por entre os povos.

— Exulte de alegria a terra inteira, pois julgais o universo com justiça; os povos governais com retidão, e guiais, em toda a terra, as nações.

— Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor, que todas as nações vos glorifiquem! Que o Senhor e nosso Deus nos abençoe, e o respeitem os confins de toda a terra!

Segunda Leitura (Gl 4,4-7)

Leitura da Carta de São Paulo aos Gálatas:

Irmãos: 4Quando se completou o tempo previsto, Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher, nascido sujeito à Lei, 5a fim de resgatar os que eram sujeitos à Lei e para que todos recebêssemos a filiação adotiva. 6E porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito do seu Filho, que clama: Abá — ó Pai!

7Assim, já não és escravo, mas filho; e, se és filho, és também herdeiro: tudo isso por graça de Deus.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Anúncio do Evangelho (Lc 2,16-21)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 16os pastores foram às pressas a Belém e encontraram Maria e José, e o recém-nascido deitado na manjedoura.

17Tendo-o visto, contaram o que lhes fora dito sobre o menino. 18E todos os que ouviram os pastores ficaram maravilhados com aquilo que contavam.

19Quanto a Maria, guardava todos esses fatos e meditava sobre eles em seu coração.

20Os pastores voltaram, glorificando e louvando a Deus por tudo que tinham visto e ouvido, conforme lhes tinha sido dito. 21Quando se completaram os oito dias para a circuncisão do menino, deram-lhe o nome de Jesus, como fora chamado pelo anjo antes de ser concebido.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

https://www.youtube.com/watch?time_continue=1&v=IhAbHyw7VTo

A nossa salvação começou no ventre de Maria

O ventre de Maria é o lugar da nossa comunhão com Deus, é o lugar de nos resgatarmos

“Quando se completou o tempo previsto, Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher” (Gl 4,4).

No primeiro dia do ano, queremos contemplar Jesus, o Filho de Deus que se fez homem e habitou no meio de nós por meio de uma mulher. É maravilhoso ver que o texto bíblico, a Carta aos Gálatas, enfatiza o fato de: o Filho de Deus ter nascido de uma mulher.

Você pode pensar: “Toda criança vai nascer de uma mulher”. Enquanto as culturas antigas dão sempre valor ao lado patriarcal, ao homem, a Bíblia cria uma nova ordem, coloca essa mulher na primazia dos acontecimentos. A humanidade de Jesus viva, presente e encarnada no meio de nós, acontece por meio da Virgem Maria.

É importante entender que, esse menino que nasce de Maria, é o Filho eterno de Deus. Ainda que Jesus esteja encarnado e nós O vejamos apenas na Sua forma humana, na Sua aparência humana, a maneira como Ele se manifesta no meio de nós, Ele é o filho eterno de Deus.

A Igreja coloca no primeiro dia do ano a celebração de Maria, a Mãe de Deus. Muitos podem pensar: “Como Maria vai ser mãe de Deus, se Ele quem criou Maria?”. É verdade. Foi Deus quem A fez, Ela é uma criatura de Deus como nós, porém, foi uma criatura escolhida para que o Filho de Deus nascesse através Dela. Esse é o fato de nós A venerarmos e nos voltarmos para Ela.

Jesus está encarnado no ventre de Maria. Eu vejo Jesus presente no Sacrário, na Hóstia Consagrada, mas, o primeiro Sacrário, a primeira morada de Jesus no meio de nós, foi no ventre de Maria. Aquele ventre nutriu, alimentou, deu vitalidade e vigor à humanidade de Jesus.

Queremos, hoje, contemplar a nova criação, a nova criatura, o homem novo que nasce em Maria. Quando celebramos Maria, a Mãe de Deus, logo no primeiro dia do ano, é justamente para dizer que em Maria todas as coisas são recriadas e feitas. Jesus começou a salvação no ventre de Sua Mãe, ali se instalou o novo Paraíso, o novo Éden, o jardim que Deus criou para que vivêssemos a salvação e a nossa comunhão com Deus.

O ventre de Maria é o lugar da nossa comunhão com Deus, é o lugar de nos resgatarmos, recriarmos e refazermos. Queremos começar esse ano tendo como meta a vida nova.

Todo mundo fala: “Ano novo, vida nova”, mas não tem vida nova se não começarmos em Deus, se não permitirmos que Ele restaure e faça todas as coisas novas em nossa vida. Precisamos nos voltar para Deus, para que Ele restaure todas as coisas.

Maria é a nova criatura, a nova Eva, a nova mulher, a nova humanidade; é o ser humano pleno, redimido. Que Ela nos aponte o caminho do Paraíso, do Éden, o caminho da nova criatura, porque, queremos ser novos a cada dia.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios