Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Gn 18,16-33)

Leitura do Livro do Gênesis.

16Os homens levantaram-se e partiram na direção de Sodoma. Abraão acompanhava-os para encaminhá-los. 17E o Senhor disse consigo: “Acaso poderei ocultar a Abraão o que vou fazer? 18Pois Abraão virá a ser uma nação grande e forte e nele serão abençoadas todas as nações da terra. 19De fato, eu o escolhi, para que ensine seus filhos e sua família a guardarem os caminhos do Senhor, praticando a justiça e o direito, a fim de que o Senhor cumpra em favor de Abraão tudo o que lhe prometeu”.

20Então, o Senhor disse: “O clamor contra Sodoma e Gomorra cresceu, e agravou-se muito o seu pecado. 21Vou descer para verificar se as suas obras correspondem ou não ao clamor que chegou até mim”.

22Partindo dali, os homens dirigiram-se a Sodoma, enquanto Abraão ficou na presença do Senhor. 23Então, aproximando-se, disse Abraão: “Vais realmente exterminar o justo com o ímpio? 24Se houvesse cinquenta justos na cidade, acaso iríeis exterminá-los? Não pouparias o lugar por causa dos cinquenta justos que ali vivem? 25Longe de ti agir assim, fazendo morrer o justo com o ímpio, como se o justo fosse igual ao ímpio. Longe de ti! O juiz de toda a terra não faria justiça?”

26O Senhor respondeu: “Se eu encontrasse em Sodoma cinquenta justos, pouparia por causa deles a cidade inteira”.

27Abraão prosseguiu dizendo: “Estou sendo atrevido em falar a meu Senhor, eu que sou pó e cinza. 28Se dos cinquenta justos faltassem cinco, destruirias por causa dos cinco a cidade inteira?”

O Senhor respondeu: “Não destruiria, se achasse ali quarenta e cinco justos”.

29Insistiu ainda Abraão e disse: “E se houvesse quarenta?” Ele respondeu: “Por causa dos quarenta, não o faria”. 30Abraão tornou a insistir: “Não se irrite o meu Senhor, se ainda falo. E se houvesse apenas trinta justos?” Ele respondeu: “Também não o faria, se encontrasse trinta”.

31Tornou Abraão a insistir: “Já que me atrevi a falar a meu Senhor, e se houver vinte justos?” Ele respondeu: “Não a iria destruir por causa dos vinte”.

32Abraão disse: “Que o meu Senhor não se irrite, se eu falar mais uma vez: e se houvesse apenas dez?” Ele respondeu: “Por causa dos dez, não a destruiria”. 33Tendo acabado de falar, o Senhor retirou-se, e Abraão voltou para a sua tenda.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 102,1-11)

— O Senhor é indulgente, é favorável.

— O Senhor é indulgente, é favorável.

— Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e todo o meu ser, seu santo nome! Bendize, ó minha alma, ao Senhor, não te esqueças de nenhum de seus favores!

— Pois ele te perdoa toda culpa, e cura toda a tua enfermidade; da sepultura ele salva a tua vida e te cerca de carinho e compaixão.

— O Senhor é indulgente, é favorável, é paciente, é bondoso e compassivo. Não fica sempre repetindo as suas queixas, nem guarda eternamente o seu rancor.

— Não nos trata como exigem nossas faltas, nem nos pune em proporção às nossas culpas. Quanto os céus por sobre a terra se elevam, tanto é grande o seu amor aos que o temem.

Evangelho (Mt 8,18-22)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 18vendo uma multidão ao seu redor, Jesus mandou passar para a outra margem do lago. 19Então um mestre da Lei aproximou-se e disse: “Mestre, eu te seguirei aonde quer que tu vás”.

20Jesus lhe respondeu: “As raposas têm suas tocas e as aves dos céus têm seus ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça”. 21Um outro dos discípulos disse a Jesus: “Senhor, permite-me que primeiro eu vá sepultar meu pai”. 22Mas Jesus lhe respondeu: “Segue-me, e deixa que os mortos sepultem os seus mortos”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Os justos podem salvar o mundo

 “Abraão disse: ‘Que o meu Senhor não se irrite, se eu falar mais uma vez: e se houvesse apenas dez?’ Ele respondeu: ‘Por causa dos dez, não a destruiria’” (Gn 18,32).

Hoje, estamos acompanhando o papel de intercessor que Abraão, o justo, exerce diante de Deus para poder salvar Sodoma e Gomorra da destruição. Deus não destrói nada, mas o mal por si só destrói todas as coisas. A injustiça, a iniquidade e a perversidade vão ruindo e destruindo toda a sociedade e todos os valores. O mal por si só tem um poder destrutivo enorme.

Olhe como estão destruindo nossas casas, nossas famílias, nossos lares! Estão destruindo nosso país, o mundo em que estamos vivendo dia após dia. Não é a mão de Deus que desce para destruir, pois a mão d’Ele é a mão que salva, mas para que a salvação aconteça, Ele precisa encontrar almas justas, corretas, almas que vivam de forma honesta e verdadeiramente justa.

Abraão tentou encontrar 50, 40, 30, 10 justos. Eu digo a você, no entanto, que apenas um justo é capaz de salvar o mundo. O justo Jesus expiou o pecado de toda a humanidade, mas o justo Jesus precisa encontrar em nós também pessoas justas, honestas, corretas, porque só assim podemos salvar o meio onde estamos.

A perversidade, a maldade e as injustiças crescem cada vez mais no nosso meio, e até pessoas boas que cresceram conhecendo a verdade facilmente se deixam corromper pela maldade do mundo.

O nosso papel é sermos intercessores, rogarmos pelo mundo, pela nossa casa, pela nossa família

A maldade entra de uma forma tão ardilosa no coração do homem, que vai aos poucos corroendo um pensamento, um sentimento, mas ninguém se denomina pessoa má, qualquer um de nós corre sério risco de ser contaminado pela injustiça do mundo.

Injustiça é, acima de tudo, não viver uma vida reta e correta. Injustiça é se deixar dominar pelo sentimento que norteia o mundo de maldade, de egoísmo e de se levar pelos próprios interesses. O injusto é aquele que pensa em si e não pensa nos outros; injusto é aquele que quer que o mundo gire em torno dele não em torno de Deus, que é justo e Pai para todos.

A injustiça assume várias vertentes da crueldade, da maldade, da perversidade e iniquidade, e vai tomando conta de vários espaços no trabalho, na família, na escola e na sociedade em que estamos.

O nosso papel é sermos intercessores, rogarmos pelo mundo, pela nossa casa, pela nossa família, mas, acima de tudo, cuidarmos para sermos verdadeiramente justos, porque os justos salvam o mundo.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo  - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios