Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Gn 17,3-9)

Leitura do Livro do Gênesis.

Naqueles dias, 3Abrão prostrou-se com o rosto por terra. 4E Deus lhe disse: “Eis a minha aliança contigo: tu serás pai de uma multidão de nações. 5Já não te chamarás Abrão, mas o teu nome será Abraão, porque farei de ti o pai de uma multidão de nações.

6Farei crescer tua descendência infinitamente. Farei nascer de ti nações, e reis sairão de ti. 7Estabelecerei minha aliança entre mim e ti e teus descendentes para sempre; uma aliança eterna, para que eu seja teu Deus e o Deus de teus descendentes. 8A ti e aos teus descendentes darei a terra em que vives como estrangeiro, todo o país de Canaã como propriedade para sempre. E eu serei o Deus dos teus descendentes”. 9Deus disse a Abraão: “Guarda a minha aliança, tu e a tua descendência para sempre”.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 104,4-9)

— O Senhor se lembra sempre da Aliança!

— O Senhor se lembra sempre da Aliança!

— Procurai o Senhor Deus e seu poder, buscai constantemente a sua face! Lembrai as maravilhas que ele fez, seus prodígios e as palavras de seus lábios!

— Descendentes de Abraão, seu servidor, e filhos de Jacó, seu escolhido, ele mesmo, o Senhor, é nosso Deus, vigoram suas leis em toda a terra.

— Ele sempre se recorda da Aliança, promulgada a incontáveis gerações; da Aliança que ele fez com Abraão, e do seu santo juramento a Isaac.

Evangelho (Jo 8,51-59)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos judeus: 51“Em verdade, em verdade, eu vos digo: se alguém guardar a minha palavra, jamais verá a morte”. 52Disseram então os judeus: “Agora sabemos que tens um demônio. Abraão morreu e os profetas também, e tu dizes: ‘Se alguém guardar a minha palavra jamais verá a morte’. 53Acaso és maior do que nosso pai Abraão, que morreu, como também os profetas? Quem pretendes ser?”

54Jesus respondeu: “Se me glorifico a mim mesmo, minha glória não vale nada. Quem me glorifica é o meu Pai, aquele que vós dizeis ser o vosso Deus. 55No entanto, não o conheceis. Mas eu o conheço e, se dissesse que não o conheço, seria um mentiroso, como vós! Mas eu o conheço e guardo a sua palavra. 56Vosso pai Abraão exultou, por ver o meu dia; ele o viu, e alegrou-se”. 57Os judeus disseram-lhe então: “Nem sequer cinquenta anos tens, e viste Abraão!” 58Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade, vos digo, antes que Abraão existisse, eu sou”. 59Então eles pegaram em pedras para apedrejar Jesus, mas ele escondeu-se e saiu do Templo.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

As Palavras do Senhor nos trazem a vida eterna

 “Em verdade, em verdade, Eu vos digo: ‘se alguém guardar a Minha palavra, jamais verá a morte’” (João 8,51).

Por que não veremos a morte se guardarmos a Palavra do Senhor? Porque o Senhor tem palavras de vida, Suas palavras nos trazem a vida, ressuscitam a nossa vida e nos dão a vida plena.

Sei que a morte nos assusta, nos causa temor e incertezas. Quando vemos a notícia de que alguém morreu, uma tristeza toma conta de nós, um vazio invade a nossa alma. Quando vemos a morte de alguém querido batendo à nossa porta, nós tememos, trememos, perdemos o eixo e a direção do viver.

Quando não encontramos o sentido da morte, encontramos muitos vazios na alma pelas pessoas que foram, pela nossa verdade que teremos de ir também. Mas a pergunta é: “Irmos para onde?”. Irmos para a vida porque quem está em Deus não vai para a morte, não conhece a morte. Quem está em Deus, quem permanece na Palavra d’Ele, ela traz a vida a cada dia para a nossa própria vida.

Esta é a primeira morte que temos que vencer e permitir que Deus vença em nós: a morte do desânimo, do desespero, do pavor, do pânico, das preocupações exageradas; a morte das emoções doentias que tomam conta de nós.

As Palavras do Senhor nos trazem a vida, ressuscitam a nossa vida e nos dão a vida plena

Precisamos morrer a cada dia e deixar morrer (com força) todo e qualquer ressentimento, mágoa, rancor, porque eles puxam a nossa vida para a morte, tiram o sabor da nossa vida e da nossa existência.

Quando se fala em investir em vida, e vida em qualidade, alguns pensam somente no sentido material e de viver mais. Viver é muito mais do que isso, viver é dar sentido, gosto e razão para a vida.

Ninguém pode vender a eternidade para nós, os homens podem até tentar, mas a eternidade é Deus em nós, porque só Ele é eterno.

Quando estamos em Deus, não experimentamos a morte, experimentamos morrer em nós aquilo que nos tira a morte; experimentamos o mundo morrer para nós; experimentamos os prazeres e atrações do mundo morrerem para nós; e quanto mais morremos para este mundo, mais a vida de Deus está em nós.

Quiseram apedrejar a Jesus porque Ele trouxe a vida, pregou a vida e a trouxe àqueles que não tinham vida. Mas Jesus não se intimidou porque Ele veio para que todos tenham a vida em abundância.

Abramos o nosso coração e todo o nosso ser para que Jesus nos traga a vida e dê sentido a ela a cada dia da nossa existência.

Deus abençoe você!   

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.