Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (2Tm 2,8-15)

Leitura da Segunda Carta de São Paulo a Timóteo.

Caríssimo, 8lembra-te de Jesus Cristo, da descendência de Davi, ressuscitado dentre os mortos, segundo o meu evangelho. 9Por ele eu estou sofrendo até às algemas, como se eu fosse um malfeitor; mas a palavra de Deus não está algemada.

10Por isso suporto qualquer coisa pelos eleitos, para que eles também alcancem a salvação, que está em Cristo Jesus, com a glória eterna. 11Merece fé esta palavra: se com ele morremos, com ele viveremos. 12Se com ele ficamos firmes, com ele reinaremos. Se nós o negamos, também ele nos negará. 13Se lhe somos infiéis, ele permanece fiel, pois não pode negar-se a si mesmo.

14Lembra-lhes tais coisas e conjura-os por Deus a evitarem discussões vãs, que de nada servem a não ser para a perdição dos ouvintes. 15Empenha-te em apresentar-te diante de Deus como homem digno de aprovação, como operário que não tem de que se envergonhar, mas expõe corretamente a palavra da verdade.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 24)

— Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos!

— Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos!

— Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos, e fazei-me conhecer a vossa estrada! Vossa verdade me oriente e me conduza, porque sois o Deus da minha salvação.

— O Senhor é piedade e retidão, e reconduz ao bom caminho os pecadores. Ele dirige os humildes na justiça, e aos pobres ele ensina o seu caminho.

— Verdade e amor são os caminhos do Senhor para quem guarda sua Aliança e seus preceitos. O Senhor se torna íntimo aos que o temem e lhes dá a conhecer sua Aliança.

Evangelho (Mc 12,28b-34)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 28b um mestre da Lei aproximou-se de Jesus e perguntou-lhe: “Qual é o primeiro de todos os mandamentos?” 29 Jesus respondeu: “O primeiro é este: Ouve, ó Israel! O Senhor nosso Deus é o único Senhor. 30 Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e com toda a tua força! 31 O segundo mandamento é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo! Não existe outro mandamento maior do que estes”.

32 O mestre da Lei disse a Jesus: “Muito bem, Mestre! Na verdade, é como disseste: Ele é o único Deus e não existe outro além dele. 33 Amá-lo de todo o coração, de toda a mente, e com toda a força, e amar o próximo como a si mesmo é melhor do que todos os holocaustos e sacrifícios”. 34 Jesus viu que ele tinha respondido com inteligência, e disse: “Tu não estás longe do Reino de Deus”. E ninguém mais tinha coragem de fazer perguntas a Jesus.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Escutemos o que Deus tem a nos dizer

Amar a Deus é a atitude de escutar e silenciar tantas vozes que gritam dentro de nós e deixar que Ele seja o primeiro, o único e soberano

“Ouve, ó Israel! O Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e com toda a tua força!” (Marcos 12, 29-30).

Se eu pudesse dizer o seu nome, assim como Deus está dizendo o meu nome, falaria ao seu coração: “Ouça, José, Priscila, Paulo, Anderson… Ouça, você meu filho, minha filha!”.

A palavra “ouvir” já traz todo o significado daquilo que vem adiante, porque ouvir é uma atitude interior de nos colocarmos à disposição de acolher aquilo que nos é dado e ordenado. A coisa mais difícil que há em nossa vida é a atitude da escuta, do ouvir o que o outro fala.

O mais difícil para um filho é ouvir o que seu pai tem a dizer. Não basta dizer: “É isso mesmo!”, “Está bom!”, “Entendi!”.

Não é simplesmente captar o áudio, a voz ou o que o outro está falando. Ouvir é, sobretudo, assimilar, trazer para dentro de si, deixar se provocar e reagir ao que foi falado. Não existe nada mais sublime para uma vida espiritual, uma vida mística, de relacionamento com Deus, do que ter a capacidade de escutá-Lo e deixar que Ele fale ao nosso coração.

Deus fala sempre, fala a todo momento! É preciso ter ouvidos, coração e mente para escutar o que Ele tem a nos dizer! Primeiro, Deus nos fala pela Sua Palavra, e a Palavra d’Ele é a mesma ontem, hoje e sempre. Se não tivermos uma pré-disposição para escutarmos a Palavra, nela mergulharmos, debruçarmo-nos, colocarmos o nosso coração, será difícil compreender o que Deus quer dizer.

Escutar o que Deus fala pela Sua Palavra não é ter conhecimento teológico, não é saber termos bíblicos, hebraico, aramaico. É escutar o que Ele fala diretamente ao nosso coração!

Toda Palavra anunciada tem uma ressonância própria em cada coração, e o coração tem de estar livre, sedento e desejoso, ter uma capacidade de escuta para o que Deus vai falar.

Deus fala pelos acontecimentos, pelos fatos e pessoas. Deus nos fala, sobretudo, pelo silêncio interior, pela alma do discípulo que quer aprender, que é desejoso e sedento d’Ele, que se coloca na atitude de escuta. Meditação, reflexão e silêncio interior são elementos que não podem faltar em nossa caminhada!

Quando amamos alguém, nós o escutamos, abrimo-nos para que a sua voz esteja dentro de nós. Amar a Deus não é dizer que vamos à igreja, que lemos a Bíblia, que rezamos isso e aquilo. Amar a Deus é a atitude de escutar e silenciar tantas vozes que gritam dentro de nós, e deixar que Ele seja o primeiro, o único e soberano!

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL