Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Êx 23,20-23)

Leitura do Livro do Êxodo.

Assim diz o Senhor: 20“Vou enviar um anjo que vá à tua frente, que te guarde pelo caminho e te conduza ao lugar que te preparei. 21Respeita-o e ouve a sua voz. Não lhe sejas rebelde, porque não suportará as vossas transgressões, e nele está o meu nome. 22Se ouvires a sua voz e fizeres tudo o que eu disser, serei inimigo dos teus inimigos, e adversário dos teus adversários. 23O meu anjo irá à tua frente e te conduzirá à terra dos amorreus, dos hititas, dos ferezeus, dos cananeus, dos heveus e dos jebuseus, e eu os exterminarei”.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 90)

— O Senhor deu uma ordem aos seus Anjos, para em todos os caminhos te guardarem.

— O Senhor deu uma ordem aos seus Anjos, para em todos os caminhos te guardarem.

— Quem habita ao abrigo do Altíssimo e vive à sombra do Senhor onipotente, diz ao Senhor: “Sois meu refúgio e proteção, sois o meu Deus, no qual confio inteiramente”.

— Do caçador e do seu laço ele te livra. Ele te salva da palavra que destrói. Com suas asas haverá de proteger-te, com seu escudo e suas armas, defender-te.

— Não temerás terror algum durante a noite, nem a flecha disparada em pleno dia; nem a peste que caminha pelo escuro, nem a desgraça que devasta ao meio-dia.

— Nenhum mal há de chegar perto de ti, nem a desgraça baterá à tua porta; pois o Senhor deu uma ordem a seus Anjos para em todos os caminhos te guardarem.

Evangelho (Mt 18,1-5.10)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquela hora, 1os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram: “Quem é o maior no Reino dos Céus?” 2Jesus chamou uma criança, colocou-a no meio deles 3e disse: “Em verdade vos digo, se não vos converterdes, e não vos tornardes como crianças, não entrareis no Reino dos Céus. 4Quem se faz pequeno como esta criança, esse é o maior no Reino dos Céus. 5E quem recebe em meu nome uma criança como esta, é a mim que recebe. 10Não desprezeis nenhum desses pequeninos, pois eu vos digo que os seus anjos nos céus veem sem cessar a face do meu Pai que está nos céus”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

Tenhamos comunhão com o nosso Anjo da Guarda

 “Não desprezeis nenhum desses pequeninos, pois Eu vos digo que os seus anjos nos céus veem sem cessar a face do meu Pai que está nos céus” (Mateus 18,10).

Temos a grande alegria de celebrarmos, no dia de hoje, a Festa dos Santos Anjos da Guarda. Na verdade, o Anjo da Guarda é o nosso guardião, o nosso protetor, o nosso amigo do Céu que caminha conosco todos os dias da nossa vida.

Anjo é mensageiro de Deus. Os anjos são mensageiros que vêm trazer Deus para perto de nós e nos colocar em comunhão com Ele.

O mundo maravilhoso e admirável dos Anjos é uma das realidades místicas a qual não podemos ignorar em nossa vida. Vivemos numa realidade de muito materialismo que, muitas vezes, confunde e prende a nossa mente somente às realidades materiais sensíveis e palpáveis, e não mergulhamos na vida espiritual, não mergulhamos na vida no Espírito. Muitas vezes, deixamos de cultivar a vida mística, porque estamos envoltos demais nas nossas realidades materiais e existenciais.

Que beleza é a vida mística! Não precisamos ir para um convento, para um mosteiro, não precisamos ser monges. Todos nós podemos viver essa realidade, quando nos colocamos na presença de Deus de forma completa. Pois, somos muito fragmentados, mas é em Deus que somos plenificados. E,a partir disso, Deus nos coloca em comunhão com a realidade celestial presente no meio de todos nós.

Tenha comunhão, relação e proximidade com o seu Anjo da Guarda, faça a sua oração de consagração a ele

Os Anjos na vida dos patriarcas, na vida dos profetas, na vida de Jesus, os anjos na vida de Maria, os anjos na nossa vida não são apenas emissários bíblicos; eles estão presentes em todas as Sagradas Escrituras, do Gênesis ao Apocalipse. Eles estão presentes em nossa vida desde quando somos concebidos até irmos para o Céu, desde que deixemos eles fazerem companhia a nós, e façamos, de verdade, comunhão com o nosso Anjo da Guarda.

Toda criança, desde quando é concebida no ventre de sua mãe, ganha esse presente de Deus: um Anjo companheiro. Temos um Anjo ao nosso lado e o ignoramos, não nos comunicamos com ele. Não é para vivermos nas alturas, sermos pessoas aéreas, pois a vida mística faz de nós pessoas centradas e orantes.

Que beleza nunca estarmos sozinhos, porque os Anjos de Deus caminham conosco! Por isso, tenha comunhão, relação e proximidade com o seu Anjo da Guarda, faça a sua oração de consagração a ele, reze a oração do Santo Anjo a cada dia, mas mais do que isso, vá com seu Anjo adorar o Senhor, colocar-se na presença do Senhor. Invoque o seu Anjo amigo para dirigir, caminhar e para todas as situações da vida.

Nas suas alegrias, não esqueça do seu Anjo; nas tentações, invoque o seu amigo, o seu Anjo da Guarda, nos perigos da vida, nas adversidades e em todos os momentos, porque, tem gente que só acende a “chama” do Anjo quando está passando por um sufoco.

Lembre-se dele, mas tenha comunhão com ele a cada dia da sua vida.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Santo do dia: Santos Anjos da Guarda

Neste dia em que fazemos memória do nosso protetor, a Igreja termina assim o hino e oração da manhã: “Salvai por vosso filho a nós, no amor; ungidos sejamos pelos anjos; por Deus trino, protegidos!”

A palavra anjo significa, “enviado, mensageiro divino”, muitas vezes encontramos as manifestações dos anjos como missionários de Deus, e por isso, com clareza lemos no salmo 91: “Pois Ele encarregará seus anjos de guardar-te em todos os teus caminhos”.

Quando nos deparamos com a Anunciação e outros Mistérios da vida de Jesus, conseguimos perceber que este salmo profetiza a presença dos anjos na vida do Senhor. Ora, Cristo é o primogênito de todas as criaturas, nosso irmão e modelo. Se portanto sua humanidade, apesar de unida com a Divindade, era continuamente protegida por anjos, logo quanto mais devemos ser nós, seus membros tão frágeis. Tanto o Pai quer isto que revelou a Jesus: “Guardai-vos de desprezar algum desses pequeninos, pois eu vos digo, nos céus os seus anjos se mantêm sem cessar na presença do meu Pai que está nos céus.” (Mt 18,10)

Nos Atos dos Apóstolos e nos escritos de São Bernardo, Santo Tomás de Aquino e outros Doutores da Igreja, encontramos testemunhos que nos motivam a confiarmos nos Santos Anjos protetores de cada um, pois atesta a Sagrada Escritura: “Não são todos (os anjos) eles espíritos cumpridores de funções e enviados a serviço, em proveito daqueles que devem receber a salvação como herança?” (Hb 1,14)

Na Inglaterra desde o ano 800 acontecia uma festa dedicada aos Anjos da Guarda e a partir do ano 1111 surgiu uma linda oração (apresentada a seguir). Da Inglaterra esta festa se estendeu de maneira universal depois do ano 1608 por iniciativa do Sumo Pontífice da época. Aprendamos e rezemos esta quase milenar prece: “Anjo do Senhor – que por ordem da piedosa providência Divina, sois meu guardião – guardai-me neste dia (tarde ou noite); iluminai meu entendimento; dirigi meus afetos; governai meus sentimentos para que eu jamais ofenda ao Deus e Senhor. Amém.”

Santos Anjos da Guarda, rogai por nós!

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios