Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (1Jo 2,29–3,6)

Leitura da Primeira Carta de São João.

Caríssimos: 29Já que sabeis que ele é justo, sabei também que todo aquele que pratica a justiça nasceu dele. 3,1Vede que grande presente de amor o Pai nos deu: de sermos chamados filhos de Deus! E nós o somos! Se o mundo não nos conhece, é porque não conheceu o Pai. 2Caríssimos, desde já somos filhos de Deus, mas nem sequer se manifestou o que seremos! Sabemos que, quando Jesus se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque o veremos tal como ele é. 3Todo o que espera nele, purifica-se a si mesmo, como também ele é puro. 4Todo o que comete pecado, comete também a iniquidade, porque o pecado é a iniquidade. 5Vós sabeis que ele se manifestou para tirar os pecados e que nele não há pecado. 6Todo aquele que peca mostra que não o viu, nem o conheceu.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Responsório (Sl 97)

— Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus.

— Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus.

— Cantai ao Senhor Deus um canto novo, porque ele fez prodígios! Sua mão e seu braço forte e santo alcançaram-lhe a vitória.

— Os confins do universo contemplaram a salvação do nosso Deus. Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira, alegrai-vos e exultai!

— Cantai salmos ao Senhor ao som da harpa e da cítara suave! Aclamai, com os clarins e as trombetas, ao Senhor, nosso Rei!

Evangelho (Jo 1,29-34)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

29No dia seguinte, João viu Jesus aproximar-se dele e disse: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. 30Dele é que eu disse: Depois de mim vem um homem que passou à minha frente, porque existia antes de mim. 31Também eu não o conhecia, mas se eu vim batizar com água, foi para que ele fosse manifestado a Israel”.

32E João deu testemunho, dizendo: “Eu vi o Espírito descer, como uma pomba do céu, e permanecer sobre ele. 33Também eu não o conhecia, mas aquele que me enviou a batizar com água me disse: ‘Aquele sobre quem vires o Espírito descer e permanecer, este é quem batiza com o Espírito Santo’. 34Eu vi e dou testemunho: Este é o Filho de Deus!”

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

https://www.youtube.com/watch?v=KL11CsX3x4Y

Absorvamos de Deus a graça para vencer o pecado

O ano da graça é conhecer Jesus, e d’Ele absorver a graça para vencermos o pecado em nossa vida

“João viu Jesus aproximar-se dele e disse: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (João 1,29).

Deus está nos dando a graça de conhecermos Jesus, porque Ele é o presente, é a graça que o Pai nos deu.

Ninguém pode ficar triste por não ter ganhado presente. Isso não é verdade, pois, a grande graça, a grande dádiva do Céu, chama-se: Jesus.

Se nós temos Jesus, temos tudo! E, o restante é acréscimo. Porém, precisamos abraçar esse presente que o Céu nos dá. E, na mesma proporção em que acolhemos Jesus e aceitamos a salvação que Ele nos trouxe, vamos O conhecendo.

João está nos dizendo quem é Jesus; ele está dizendo que Jesus é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.

O mundo em que vivemos está contaminado, recheado e dominado pela força do pecado. Muitas vezes o pecado do mundo e na nossa própria vida nos enfraquecem, nos desanimam e tiram o nosso alento. Pensamos, muitas vezes, que não vamos dar conta de lutar contra esse mal, contra essa força pecaminosa que está agindo em nós. Achamos que não conseguiremos vencer. Algumas pessoas vivem determinadas fraquezas e dizem: “Eu já tentei, mas não consigo”.

Se não conseguimos até agora é porque não entregamos a nossa vida para Jesus, e nem reconhecemos n’Ele o Cordeiro, Aquele que tira o pecado do mundo.

Jesus não só redime o mundo dos pecados, mas Ele redime o “mundo” de cada um de nós. Daqueles que submetem-se ao Seu Senhorio e à Sua graça. Ele não só tira esses pecados, Ele nos perdoa, nos lava, nos purifica e nos dá a graça de sermos vencedores sobre o mal e o pecado.

Iniciando esse novo ano, eu penso que podemos transformá-lo no ano da graça. O ano da graça é conhecer Jesus e d’Ele absorver a graça para vencermos o pecado em nossa vida.

Não dê atenção aos pecados dos outros. Se cada um olhar para si próprio, e reconhecer o seu próprio pecado, sua miséria; sua fragilidade; ir à luta e ao combate; se permitirmos que Jesus esteja à frente a nos iluminar e direcionar, a vitória será nossa.

A grande vitória sobre o mundo é a vitória sobre o pecado que o mundo traz para dentro de nós. Se queremos ter uma vitória em nossa vida, ela se chama: vencer o mal e o pecado. E Jesus nos concede essa graça! Diga a Ele: Eu quero vencer o pecado em minha vida.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios