Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Jr 18,18-20)

Leitura do Livro do Profeta Jeremias.

Naqueles dias, 18disseram eles: “Vinde para conspirarmos juntos contra Jeremias; um sacerdote não deixará morrer a lei; nem um sábio, o conselho; nem um profeta, a palavra. Vinde para o atacarmos com a língua, e não vamos prestar atenção a todas as suas palavras”.

19Atende-me, Senhor, ouve o que dizem meus adversários. 20Acaso pode-se retribuir o bem com o mal? Pois eles cavaram uma cova para mim. Lembra-te de que fui à tua presença, para interceder por eles e tentar afastar deles a tua ira.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 30)

— Salvai-me pela vossa compaixão, ó Senhor Deus!

— Salvai-me pela vossa compaixão, ó Senhor Deus!

— Retirai-me desta rede traiçoeira, porque sois o meu refúgio protetor! Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito, porque vós me salvareis, ó Deus fiel!

— Ao redor, todas as coisas me apavoram; ouço muitos cochichando contra mim; todos juntos se reúnem, conspirando e pensando como vão tirar-me a vida.

— A vós, porém, ó meu Senhor, eu me confio, e afirmo que só vós sois o meu Deus! Eu entrego em vossas mãos o meu destino; libertai-me do inimigo e do opressor!

Evangelho (Mt 20,17-28)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 17enquanto Jesus subia para Jerusalém, ele tomou os doze discípulos à parte e, durante a caminhada, disse-lhes: 18“Eis que estamos subindo para Jerusalém, e o Filho do Homem será entregue aos sumos sacerdotes e aos mestres da Lei. Eles o condenarão à morte, 19e o entregarão aos pagãos para zombarem dele, para flagelá-lo e crucificá-lo. Mas no terceiro dia ressuscitará”.

20A mãe dos filhos de Zebedeu aproximou-se de Jesus com seus filhos e ajoelhou-se com a intenção de fazer um pedido. 21Jesus perguntou: “Que queres?” Ela respondeu: “Manda que estes meus dois filhos se sentem, no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda”. 22Jesus, então, respondeu-lhes: “Não sabeis o que estais pedindo. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber?” Eles responderam: “Podemos”. 23Então Jesus lhes disse: “De fato, vós bebereis do meu cálice, mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. Meu Pai é quem dará esses lugares àqueles para os quais ele os preparou”.

24Quando os outros dez discípulos ouviram isso, ficaram irritados contra os dois irmãos. 25Jesus, porém, chamou-os, e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações têm poder sobre elas e os grandes as oprimem. 26Entre vós não deverá ser assim. Quem quiser tornar-se grande, torne-se vosso servidor; 27quem quiser ser o primeiro, seja vosso servo. 28Pois, o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor de muitos”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

O sentido da vida é servir ao próximo

 “Quem quiser tornar-se grande, torne-se vosso servidor; quem quiser ser o primeiro, seja vosso servo. Pois, o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor de muitos” (Mateus 20,26-28).

Olhamos o exemplo do Evangelho de hoje,  quando a mãe dos filhos de Zebedeu, Tiago e João, dois discípulos, inclusive muito próximos de Jesus, vai fazer um pedido que pode parecer inusitado, mas é o anseio de muitas mães de quererem ver seus filhos valorizados e exaltados; de quererem ver seus filhos na frente, ver seus filhos mais importantes de que os outros.

Fico olhando, muitas vezes, o quanto muitos pais e mães gostam de contar vantagens sobre seus filhos: “Ele é o primeiro na escola”, “Ele se sobressai”, “Ele é capaz disso, daquilo…”. É uma lista de orgulho e de vantagens. Cada mãe e cada pai tem o direito de se orgulhar do seu filho e da sua filha, só tome cuidado para que esses sentimentos não se encham de vaidades e soberba, tome cuidado para que esses sentimentos de exaltação não sirvam para humilhar outros.

Para Deus, o maior não é aquele que se exalta, e sim aquele que se humilha, para Deus o maior é aquele que aprende que tudo que sabe, que tudo que tem, dispõe para servir os outros.

Que possamos aprender com o Mestre Jesus que o sentido da vida é servir

Na sociedade das vantagens, como a nossa em que vivemos, as pessoas querem se sobressaírem com aquilo que têm, com aquilo que podem ou aquilo que conquistaram. É a sociedade onde as pessoas querem destacar as suas conquistas materiais, seus troféus, seus títulos, seus prêmios, suas contas bancárias, suas viagens.

As pessoas querem se sobressaírem a partir de suas referências materiais e, muitas vezes, os filhos são alimentados por esses sentimentos. Na escola, querem prevalecer sobre seus colegas, nas conversas querem se sobressaírem: “Estive em mais lugares”, “Conheci mais isso”, e assim por diante. Esses sentimentos são mundanos e devem ser purificados do nosso coração.

Que beleza é ver numa conversa a pessoa ter a capacidade e a coragem de falar das suas dificuldades, das suas lutas, das suas conquistas, mas também dos seus fracassos e das suas derrotas; admitir que na vida não está sempre tendo êxitos naquilo que realiza. Aqui não é uma questão de viver chorando, se lamentando ou se colocando como vítima, é uma questão de ser humilde, de não querer se sobressair aos outros, é uma questão de não querer se colocar acima dos outros. É uma questão de se perceber e não ser aquela pessoa chata e inconveniente que sempre nas suas conversas só conta vantagens.

É difícil uma pessoa verdadeiramente humilde, nos tempos em que vivemos. Querer achar que leva vantagem em tudo é a maior das ilusões e enganos, é a pessoa quem engana a si mesma e, ao mesmo tempo, quer viver também enganando e iludindo os outros.

Que possamos aprender com o Mestre Jesus que o sentido da vida é servir. Se temos de contar algo para os outros, é como estamos servindo, como estamos nos colocando à disposição e ajudando o mundo a ser melhor.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.