Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Primeira Leitura (Jr 18,18-20)

Leitura do Livro do Profeta Jeremias.

Naqueles dias, 18disseram eles: “Vinde para conspirarmos juntos contra Jeremias; um sacerdote não deixará morrer a lei; nem um sábio, o conselho; nem um profeta, a palavra. Vinde para o atacarmos com a língua, e não vamos prestar atenção a todas as suas palavras”.

19Atende-me, Senhor, ouve o que dizem meus adversários. 20Acaso pode-se retribuir o bem com o mal? Pois eles cavaram uma cova para mim. Lembra-te de que fui à tua presença, para interceder por eles e tentar afastar deles a tua ira.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

Salmo Responsorial (Sl 30)

— Salvai-me pela vossa compaixão, ó Senhor Deus!

— Salvai-me pela vossa compaixão, ó Senhor Deus!

— Retirai-me desta rede traiçoeira, porque sois o meu refúgio protetor! Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito, porque vós me salvareis, ó Deus fiel!

— Ao redor, todas as coisas me apavoram; ouço muitos cochichando contra mim; todos juntos se reúnem, conspirando e pensando como vão tirar-me a vida.

— A vós, porém, ó meu Senhor, eu me confio, e afirmo que só vós sois o meu Deus! Eu entrego em vossas mãos o meu destino; libertai-me do inimigo e do opressor!

Evangelho (Mt 20,17-28)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 17enquanto Jesus subia para Jerusalém, ele tomou os doze discípulos à parte e, durante a caminhada, disse-lhes: 18“Eis que estamos subindo para Jerusalém, e o Filho do Homem será entregue aos sumos sacerdotes e aos mestres da Lei. Eles o condenarão à morte, 19e o entregarão aos pagãos para zombarem dele, para flagelá-lo e crucificá-lo. Mas no terceiro dia ressuscitará”.

20A mãe dos filhos de Zebedeu aproximou-se de Jesus com seus filhos e ajoelhou-se com a intenção de fazer um pedido. 21Jesus perguntou: “Que queres?” Ela respondeu: “Manda que estes meus dois filhos se sentem, no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda”. 22Jesus, então, respondeu-lhes: “Não sabeis o que estais pedindo. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber?” Eles responderam: “Podemos”. 23Então Jesus lhes disse: “De fato, vós bebereis do meu cálice, mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. Meu Pai é quem dará esses lugares àqueles para os quais ele os preparou”.

24Quando os outros dez discípulos ouviram isso, ficaram irritados contra os dois irmãos. 25Jesus, porém, chamou-os, e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações têm poder sobre elas e os grandes as oprimem. 26Entre vós não deverá ser assim. Quem quiser tornar-se grande, torne-se vosso servidor; 27quem quiser ser o primeiro, seja vosso servo. 28Pois, o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor de muitos”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Ouça a Homilia

O sentido da vida é servir ao próximo

 “Quem quiser tornar-se grande, torne-se vosso servidor; quem quiser ser o primeiro, seja vosso servo. Pois, o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor de muitos” (Mateus 20,26-28).

Olhamos o exemplo do Evangelho de hoje,  quando a mãe dos filhos de Zebedeu, Tiago e João, dois discípulos, inclusive muito próximos de Jesus, vai fazer um pedido que pode parecer inusitado, mas é o anseio de muitas mães de quererem ver seus filhos valorizados e exaltados; de quererem ver seus filhos na frente, ver seus filhos mais importantes de que os outros.

Fico olhando, muitas vezes, o quanto muitos pais e mães gostam de contar vantagens sobre seus filhos: “Ele é o primeiro na escola”, “Ele se sobressai”, “Ele é capaz disso, daquilo…”. É uma lista de orgulho e de vantagens. Cada mãe e cada pai tem o direito de se orgulhar do seu filho e da sua filha, só tome cuidado para que esses sentimentos não se encham de vaidades e soberba, tome cuidado para que esses sentimentos de exaltação não sirvam para humilhar outros.

Para Deus, o maior não é aquele que se exalta, e sim aquele que se humilha, para Deus o maior é aquele que aprende que tudo que sabe, que tudo que tem, dispõe para servir os outros.

Que possamos aprender com o Mestre Jesus que o sentido da vida é servir

Na sociedade das vantagens, como a nossa em que vivemos, as pessoas querem se sobressaírem com aquilo que têm, com aquilo que podem ou aquilo que conquistaram. É a sociedade onde as pessoas querem destacar as suas conquistas materiais, seus troféus, seus títulos, seus prêmios, suas contas bancárias, suas viagens.

As pessoas querem se sobressaírem a partir de suas referências materiais e, muitas vezes, os filhos são alimentados por esses sentimentos. Na escola, querem prevalecer sobre seus colegas, nas conversas querem se sobressaírem: “Estive em mais lugares”, “Conheci mais isso”, e assim por diante. Esses sentimentos são mundanos e devem ser purificados do nosso coração.

Que beleza é ver numa conversa a pessoa ter a capacidade e a coragem de falar das suas dificuldades, das suas lutas, das suas conquistas, mas também dos seus fracassos e das suas derrotas; admitir que na vida não está sempre tendo êxitos naquilo que realiza. Aqui não é uma questão de viver chorando, se lamentando ou se colocando como vítima, é uma questão de ser humilde, de não querer se sobressair aos outros, é uma questão de não querer se colocar acima dos outros. É uma questão de se perceber e não ser aquela pessoa chata e inconveniente que sempre nas suas conversas só conta vantagens.

É difícil uma pessoa verdadeiramente humilde, nos tempos em que vivemos. Querer achar que leva vantagem em tudo é a maior das ilusões e enganos, é a pessoa quem engana a si mesma e, ao mesmo tempo, quer viver também enganando e iludindo os outros.

Que possamos aprender com o Mestre Jesus que o sentido da vida é servir. Se temos de contar algo para os outros, é como estamos servindo, como estamos nos colocando à disposição e ajudando o mundo a ser melhor.

Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo - Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios